"Na Taça da Liga não estivemos ao nosso nível e hoje merecíamos outro resultado"

"Na Taça da Liga não estivemos ao nosso nível e hoje merecíamos outro resultado"
Redação com Lusa

Tópicos

Declarações de Luís Estrela, treinador encarnado, após a conquista da Taça de Portugal de futsal feminino do Nun´Álvares, selada nas grandes penalidades (4-1), diante do Benfica

Derrota: ""No desporto não há justiça ou injustiça. Fizemos uma primeira parte excecional, fomos claramente a melhor equipa em campo. Fomos para intervalo com um resultado extremamente curto para o que produzimos. Na segunda parte continuámos muito bem, o nosso golo surgiu com naturalidade. Tínhamos o jogo controlado, controlámos o 5x4 e há um remate que infelizmente sofreu um ressalto e acabou por atrapalhar a trajetória da nossa guarda-redes. A nossa equipa acusou um bocado o golo, ficámos condicionados com as cinco faltas e no prolongamento foi um jogo com muito mais receio. Ficámos condicionados na pressão defensiva, as jogadoras acabavam por ficar expostas à transição, por isso tentei dar segurança à equipa e as minhas jogadoras até às grandes penalidades foram excecionais. Aí o Nun"Álvares foi superior a nós, por essa parte penso que é um resultado extremamente inglório para o que produzimos. Na Taça da Liga não estivemos ao nosso nível e hoje merecíamos outro resultado. Não conseguimos e temos de dar os parabéns ao Nun"Álavres pela vitória. Estamos extremamente desiludidos com este resultado, mas a equipa lutou até ao fim e estou orgulhoso pelo comportamento".

Quem falhou, treinador ou jogadoras? "Em alta competição temos de saber reagir. O principal responsável pela derrota fui eu, as jogadoras fizeram um trabalho excecional. Temos de trabalhar, reagir, ser fortes, manter-nos unidos e dar tudo para conquistar o campeonato".