Benfica-Sporting: luvas e proteção para os dentes num grupo de 37 detidos

Benfica-Sporting: luvas e proteção para os dentes num grupo de 37 detidos
Frederico Bártolo

Tópicos

Polícia de Segurança Pública (PSP) impediu 37 adeptos do Benfica de entrarem no pavilhão João Rocha para assistirem ao jogo Benfica-Sporting de futsal.

Os acessos ao Pavilhão João Rocha ficaram vedados aos adeptos do Sporting durante cerca de meia hora. O que costuma ser uma operação rotineira da Polícia de Segurança Pública (PSP), de forma a evitar conflitos entre claques, acabou por ser uma detenção em larga escala de adeptos do Benfica: 37 foram impedidos de ver o dérbi, sendo que, destes, só um não foi libertado após o final do jogo, por "intenções violentes e resistência às autoridades", referiu a PSP de Telheiras.

De acordo com a polícia, este grupo tinha em sua posse luvas de proteção e proteções para os dentes. No Pavilhão João Rocha esteve Mustafá, líder da Juventude Leonina, detido no passado domingo e libertado na quinta-feira, no âmbito da invasão de Alcochete. "Musta, tens um exército a teu lado", lia-se numa tarja exibida pela claque leonina.

Benfica e Sporting empataram a um golo, resultado que permitiu aos leões seguirem para a final-four da Champions de futsal.