Afonso Jesus diz que níveis de confiança da seleção de futsal estão "no máximo"

Afonso Jesus diz que níveis de confiança da seleção de futsal estão "no máximo"
Redação com Lusa

Tópicos

O ala Afonso Jesus afirmou esta terça-feira que os "níveis de confiança" da seleção portuguesa de futsal "estão no máximo", a pouco mais de um mês do arranque do Campeonato do Mundo, que vai decorrer na Lituânia.

"Os níveis de confiança e de felicidade estão no máximo, porque é estar neste espaço de excelência o que nós procuramos e trabalhamos para isso diariamente. Sendo a primeira vez que vou estar numa competição como o Mundial, é muito bom. Este grupo de trabalho dá-nos essa felicidade e essa estabilidade. Já nos conhecemos há muito tempo, mas, para além de nos conhecermos, conseguimos funcionar todos muito bem", afirmou Afonso Jesus, em declarações divulgadas pela Federação Portuguesa de Futebol.

O ala do Benfica, que também pode jogar a fixo, tem nove internacionalizações por Portugal e é um dos 16 jogadores convocados pelo selecionador Jorge Braz que estão a estagiar em Rio Maior, na preparação para o Mundial de futsal, que decorrerá entre 12 de setembro e 03 de outubro.

"Nós procuramos sempre estes patamares, trabalhamos para isto, mas só no dia em que acontece efetivamente é que é o realizar desse mesmo sonho. Quando pus os pés no Centro de Estágio de Rio Maior é que me apercebi. Eu estou aqui. Quando viajarmos e aterrarmos no país onde vai ser o Mundial é que também vou voltar a sentir que está mais perto. É uma sensação incrível", confessou o jogador, de 23 anos.

A seleção trabalhará em Rio Maior até 21 de agosto e em Viseu, de 22 de agosto a 05 de setembro, em estágios que incluem sete jogos, frente a Japão, Venezuela, Angola, Uzbequistão, Costa Rica e Paraguai (duas vezes).

"Neste momento, o importante é preparar-nos. Vamos ter jogos de preparação que vão ser muito bons. Sem dúvida que a preparação é, neste momento, o nosso foco. A preparação, o processo, para depois, mais à frente, podermos falar dos nossos objetivos e das nossas ambições", referiu.

No Mundial, Portugal integra o grupo C, defrontando a Tailândia em 13 de setembro, Ilhas Salomão em 16 e Marrocos em 19, com os dois primeiros jogos agendados para Kaunas, e o último em Klaipeda.