Volta: Contrarrelógio define o vencedor e pódio final da 83.ª edição

Volta: Contrarrelógio define o vencedor e pódio final da 83.ª edição
Redação com Lusa

Tópicos

Líder desde a quinta etapa, Figueiredo sai para a estrada às 17h00, dois minutos depois do terceiro classificado, o também português Luís Fernandes (Rádio Popular-Paredes-Boavista).

Frederico Figueiredo (Glassdrive-Q8-Anicolor), líder da 83.ª edição da Volta a Portugal em bicicleta, será esta segunda-feira o último a partir para a 10.ª e última etapa, um contrarrelógio de 18,6 quilómetros entre Porto e Gaia.

Líder desde a quinta etapa, Figueiredo sai para a estrada às 17h00, dois minutos depois do terceiro classificado, o também português Luís Fernandes (Rádio Popular-Paredes-Boavista), mas o seu verdadeiro adversário é o seu colega uruguaio Mauricio Moreira, que é segundo a sete segundos e um especialista na luta contra o cronómetro.

O vice-campeão da edição de 2021 parte às 16h56 - os regulamentos não permitem que dois companheiros de equipa saiam um a seguir ao outro -, com outro especialista, o quinto classificado Alejandro Marque (Atum General-Tavira-Maria Nova Hotel), a sair dois minutos antes.

O contrarrelógio de 18,6 quilómetros vai definir o pódio final e o sucessor do bicampeão em título Amaro Antunes (W52-FC Porto), com o top-3 ainda em aberto, uma vez que Luís Fernandes pode ser ultrapassado por António Carvalho (Glassdrive-Q8-Anicolor), o quarto classificado.

O venezuelano José Bruzual (Java Kiwi Atlântico) será o primeiro dos 105 ciclistas em prova a partir para o crono, às 15h06.