Vieira do Minho renova aposta e volta a receber GP O JOGO

Vieira do Minho renova aposta e volta a receber GP O JOGO
Rui Guimarães

Tópicos

Mostrar as condições de que dispõe é o objetivo. Com o pelouro do Desporto entregue ao presidente António Cardoso Barbosa, a vila minhota tem ainda um diretor-desportivo: Nuno Rodrigues

Vieira do Minho, vila do distrito de Braga com cerca de 13 mil habitantes, vai receber a terceira e última etapa do Grande Prémio O JOGO/Leilosoc - Vieira do Minho-Vieira do Minho, com 138,2 km - no próximo domingo, dia 16.

Tal como em 2019, em que fez parte do regresso do nosso jornal às organizações de provas velocipédicas, com o então Troféu O JOGO/Leilosoc, ganho por Luís Mendonça, à altura ciclista do Boavista, dar-se a conhecer é um objetivo pensado pela edilidade liderada por António Cardoso Barbosa, um vieirense de gema, que nasceu a 17 de abril de 1959.

"Vieira do Minho tem crescido muito no turismo, e tem crescido a um ritmo acelerado. O turismo associado ao desporto também é importante para a divulgação da região. Vieira do Minho tem excelentes condições naturais para a prática de alguns desportos, como trail, BTT, ciclismo, automobilismo e até provas disputadas em água", explica o autarca minhoto, referindo-se a seguir ao Grande Prémio O JOGO/Leilosoc.

"Receber uma prova de ciclismo é muito importante para Vieira do Minho, principalmente pela divulgação do concelho, para além dos aficionados virem assistir. Depois, foi uma prova em que já havíamos apostado e gostamos da experiência, pelo que a nossa vontade foi a de repetir", explicou, lembrando que "mais uma vez será em Vieira do Minho que a prova terminará". Aliás, sublinha, esta última etapa começa e acaba na vila minhota. "Gosto disso pela cerimónia que a organização faz para a entrega dos troféus, pela animação que trás, quer para os ciclistas quer para o público. E, este ano, por causa da pandemia e das restrições de passagens entre concelhos, a partida e a chegada serão em Vieira do Minho", diz.

António Cardoso Barbosa, refere, no entanto, ter um outro orgulho. "O que ainda mais visibilidade dá a Vieira do Minho é o Rali de Portugal, que conta para o Campeonato do Mundo. Dia 22 de maio lá teremos aqui o famoso salto da Cabreira", revela orgulhoso, dando ainda conta que a vila recebe "o Campeonato Nacional de tiros aos pratos", completando: "Temos aqui uma campeã europeia, a Ana Rita Rodrigues. Ela é natural de cá, mas estava a competir na Póvoa de Lanhoso, até que este executivo criou as condições para que a Ana Rita pudesse treinar e representar o concelho onde nasceu".

De professor a presidente da Câmara

Licenciado pela Universidade do Minho em Engenharia Civil, António Cardoso Barbosa foi professor de matemática na Escola Secundária de Vieira do Minho, tendo entrado para os quadros da Câmara Municipal como engenheiro civil, em 1988. Desempenhou os cargos de Chefe de Divisão dos Serviços de Obras Municipais e Serviços Urbanos e, depois, foi diretor do Departamento Municipal de Planeamento, Gestão Urbanística, Obras Municipais e Serviços Urbanos. Entre outubro de 2005 e outubro de 2009 foi vice-presidente da autarquia, tendo sido eleito presidente a 29 setembro de 2013 e reeleito a 1 de Outubro de 2017.