Versão feminina da Volta à França arranca em 2022

Versão feminina da Volta à França arranca em 2022
Redação

Tópicos

Prova recomeçará nos Campos Elísios, a 24 de julho, terminando com um interregno que durava desde 2009.

A versão feminina da Volta a França em bicicleta vai recomeçar em 2022, com partida nos Campos Elísios logo após a conclusão da prova masculina, anunciou a organização, ASO.

"Este é um enorme momento para o ciclismo profissional feminino. O Tour de França é a mais famosa prova e é um sonho antigo ver as mulheres nesta competição", disse a holandesa Anna van der Breggen, campeã olímpica no Rio'2016.

Depois de várias tentativas falhadas para implementar a prova, desaparecida desde 2009, a ideia é que o seu arranque seja definitivo e que passe a ser um dos grandes eventos do calendário mundial feminino.

O traçado da competição, que começará a 24 de julho do próximo ano, não foi revelado, mas durante a sua apresentação, foi referido que vai "desafiar as subidas mais icónicas".

A Volta a França feminina teve 26 edições, entre 1984 e 2009, a última delas contando apenas com 66 ciclistas à partida. O desinteresse liquidou então uma competição que teve três grandes campeãs, a francesa Jeannie Longo, a holandesa Leontien van Moorsel e a italiana Fabiana Luperini, únicas que venceram três edições.

Atualmente, e com a existência de nove equipas do World Tour, cinco delas ligadas às masculinas, e 53 Continentais - uma das mais importantes é a britânica Drops, de Maria Martins -, faltava o Tour num calendário já completo e que inclui o Giro.