"Todos sabem: Tiago Machado é o líder do Sporting-Tavira"

"Todos sabem: Tiago Machado é o líder do Sporting-Tavira"
Frederico Bártolo

Tópicos

Marco Chagas, conselheiro do Sporting, confirma que Nocentini fica, mas admite que não é fácil elencar um lote apenas focado em ajudar Tiago Machado nas maiores provas. Uma boa dor de cabeça para Fitas, diz

Marco Chagas foi, há 32 anos, o último a vencer a Volta a Portugal pelo Sporting. Considera que a equipa se reforçou bem e não tem dúvidas de que Tiago Machado, que saiu da Katusha-Alpecin, é o novo comandante.

Joni Brandão foi o segundo na última Volta a Portugal. É com Tiago Machado que acredita que vai vencer?

São ambos corredores fantásticos, mas o Tiago tem um palmarés muito superior ao do Joni a nível internacional.

Mas já há muito que não lidera. Não acha que isso possa prejudicar?

Já o disse ao Tiago e digo publicamente: é complicado para ele. Dois dos melhores corredores que tivemos nas últimas gerações, o José Azevedo e o Sérgio Paulinho, não conseguiram resultados. O Sérgio vai para a terceira época na Efapel e reconhece que não conseguirá vencer a Volta. Daí terem contratado o Joni. Só que o Tiago tem duas vantagens: adapta-se melhor para ganhar sempre e volta mais novo a Portugal [33 anos] e em bom estado.

E o Tiago vai apostar também na Volta ao Algarve?

O Tiago vem para ganhar muitas vezes e nas grandes corridas. A Volta ao Algarve é a prova de maior reputação e foi o único português que alguma vez lutou pela geral contra os melhores.

José Mendes é para ajudar ou chefiar?

O Sporting já tinha uma equipa boa, mas o José Mendes é um grande reforço. É completo, anda muito bem no contrarrelógio. Pela experiência e vivência internacional, adapta-se tanto a correr para um líder como a assumir ele esse estatuto.

Nocentini confirmou querer continuar. Terá espaço?

-Era vontade do corredor e do clube também. A idade [41 anos] é um fator a ter em conta, mas atendendo à experiência que dá, o Vidal quis continuar com ele. Há uma boa ligação entre eles, um pouco como com o Marque. O Rinaldo normalmente anda bem no início da época. O ano passado ganhou duas etapas no Gabão.

Como será formar uma equipa de sete para a Volta a Portugal tendo tanta estrela?

É uma escolha complicada. Acredito que todos caibam na mesma equipa, mas José Mendes, Nocentini ou Frederico Figueiredo sabem que o Tiago Machado, à partida, é o líder. O Marque já ganhou uma Volta, é um belíssimo corredor, mas quando se sai para uma corrida como a Volta, tem de haver um objetivo definido. Têm de estar seis a trabalhar para um.