Sporting está de saída do ciclismo: saiba os motivos para a decisão

Sporting está de saída do ciclismo: saiba os motivos para a decisão

Sporting decidiu não renovar a parceria com o Clube de Ciclismo de Tavira, informação que já tinha sido avançada por O JOGO.

Tal como O JOGO noticiou em maio, o Sporting decidiu não renovar a parceria com o Clube de Ciclismo de Tavira. O protocolo durou quatro anos e, de acordo com o que O JOGO apurou, os leões já comunicaram aos responsáveis dos algarvios a intenção de sair da modalidade, considerando que a ligação não deu os êxitos desportivos pretendidos.

A decisão também se prende com o desinvestimento que o clube fará nas modalidades e dificilmente seria alterada pelo resultados da Volta a Portugal que termina este domingo, embora a equipa tenha ficado mais uma vez aquém do que seria pretendido pelo clube de Alvalade.

Frederico Figueiredo, que subiu à sétima posição da geral após a subida à Senhora da Graça, é o melhor dos leões e várias quedas impediram-no de lutar pela amarela, enquanto Tiago Machado, o grande reforço da época, por chegar do WorldTour, é apenas 15.º, tendo desiludido no regresso ao pelotão português. Alejandro Marque, em 16.º, perdeu demasiado tempo na etapa da Torre, quando uma queda e depois uma avaria o afastaram do grupo da frente logo no início da subida.

Por equipas o Sporting-Tavira é terceiro, a 8m01s da Rádio Popular-Boavista, e tem apenas o contrarrelógio do Porto para tentar um triunfo de etapa, algo que só conseguiu no primeiro ano do projeto, em 2016, com Jesús Ezquerra.