Quinta etapa causou estragos: eis os dois primeiros desistentes do Tour

Quinta etapa causou estragos: eis os dois primeiros desistentes do Tour
Redação com Lusa

Tópicos

Jack Haig (Bahrain-Victorious) e Michael Gogl (Alpecin-Deceuninck) abandonaram a prova esta quarta-feira.

O australiano Jack Haig (Bahrain-Victorious) e o austríaco Michael Gogl (Alpecin-Deceuninck) são os primeiros desistentes da 109.ª Volta a França em bicicleta, depois de nesta quarta-feira terem sido as principais vítimas dos pavés da quinta etapa.

"Jack Haig abandona a Volta a França na quinta etapa após sofrer várias lesões numa queda a 30 quilómetros do final. Uma barreira solta foi atingida, causando a queda, com vários outros corredores envolvidos", pode ler-se no comunicado da Bahrain-Victorious.

A equipa indica que o australiano, que ficou envolvido na queda que também apanhou o esloveno Primoz Roglic (Jumbo-Visma), tem "múltiplas abrasões e hematomas" e que foi suturado no cotovelo. "As radiografias revelaram várias fraturas não-deslocadas no pulso. Felizmente, Jack não sofreu uma contusão ou lesão na cabeça e viajará amanhã [quinta-feira] para casa", conclui a nota da Bahrain-Victorious, que perde assim um dos seus principais nomes neste Tour.

Além do australiano de 28 anos, terceiro classificado na Vuelta'2021, também Michael Gogl abandonou a 109.ª edição da Grande Boucle, com a sua equipa a anunciar que o austríaco fraturou "a clavícula e a pélvis/osso ilíaco". "Michael será operado no hospital de Herentals, na Bélgica", informa a Alpecin-Deceuninck na sua conta na rede social Twitter.