"Parte negativa foi a queda do Ricardo Mestre, foi um pouco complicado"

"Parte negativa foi a queda do Ricardo Mestre, foi um pouco complicado"
Redação

Tópicos

Amaro Antunes mantém a camisola amarela na edição especial da Volta a Portugal.

:Amaro Antunes, ciclista da W52-FC Porto, manteve a camisola amarela depois de concluída a terceira etapa da Volta a Portugal. "Acabou por ser um dia um pouco agitado, com bastantes tentativas de fuga. Felizmente, a nossa equipa teve tudo sob controlo. A parte negativa foi a queda do Ricardo Mestre, que foi um pouco complicado. Era uma peça fundamental ali nas partes duras, mas felizmente penso que estará apto para amanhã [quinta-feira]", declarou.

"Amanhã, será um dia extremamente importante para a equipa, será um dia em que quereremos fazer a diferença. Vamos dia a dia. Agora é recuperar e pensar no dia de amanhã", vincou, já com a subida à Torre no pensamento.

"É um dia extremamente duro, um pouco à imagem da Senhora da Graça, que acaba por ser decisivo. E a Torre não irá fugir à regra. Os nossos adversários terão de atacar, e nós de defender. Hoje, mostrámos que estamos bastante bem e, acima de tudo, muito unidos. Perante alguns ataques, tivemos a equipa sempre unida e muito coesa e isso faz toda a diferença", rematou.