Marque: "O capacete foi um improviso. Queria agradecer a Portugal"

Marque: "O capacete foi um improviso. Queria agradecer a Portugal"
Redação

Tópicos

Declarações de Alejandro Marque, quinto classificado da geral individual, da Volta a Portugal. Espanhol coloca um ponto final na carreira.

Despedida: "Hoje, estava um bocadinho nervoso à partida, porque, claro, ia ser o último dia, o da despedida da Volta a Portugal. Sabia que ia ser um ambiente espetacular e assim se demonstrou."

Contrarrelógio: "É um exercício intenso, com muito sofrimento, mas também dá para perceber o que há do outro lado e escutar como chamam pelo teu nome, como te animam. Muitos a gritar 'fica mais um ano'. E é isso que levo. Esse carinho do público não se ganha só num ano, mas sim em toda uma trajetória."

Capacete: "O capacete foi um improviso. [...] Queria agradecer a Portugal e a todos os adeptos e também a todas as equipas onde passei. Há que agradecer porque cada uma me deu uma oportunidade num momento da vida e, por isso, estou hoje aqui."