Nibali aborda as contas do Giro e assume: "O Stelvio é o grande dia"

Nibali aborda as contas do Giro e assume: "O Stelvio é o grande dia"
Frederico Bártolo

Tópicos

Ciclista da Trek diz que as mudanças de percurso na jornada 20 da Volta a Itália tiraram dureza e que a etapa de hoje é decisiva para as contas.

Já todos antecipavam os 24km do Passo dello Stelvio, com 2700 metros de altitude, desta quinta-feira como o ponto alto da Volta a Itália, mas a etapa 20 ainda tinha o Passo dell'Agnello (23,6 km a 6.,6% de inclinação média) e o Izoard (13km a 7,3% de inclinação média) antes da chegada a Sestriere. No entanto, devido às regras apertadas em França devido à covid-19, o Giro alterou a rota e perdeu essas duas subidas, passando três vezes em Sestriere, a última com a meta lá instalada.

Nibali, que é sétimo a 3m31s de João Almeida, constatou como a etapa de hoje é decisiva: "Com as mudanças na rota ficou ainda mais decisiva. O Stelvio é o grande dia da Volta a Itália. Agnello é muito duro e só a fiz uma vez. Sestriere obriga a uma abordagem diferente e depende muito se será endurecida ou não."