Mikel Landa com fratura de clavícula e várias costelas após queda no Giro

Mikel Landa com fratura de clavícula e várias costelas após queda no Giro
Redação com Lusa

Tópicos

Ciclista espanhol abandonou a prova esta quarta-feira.

O espanhol Mikel Landa (Bahrain Victorious) sofreu esta quarta-feira fraturas de clavícula e de várias costelas numa queda dura que o forçou a abandonar a Volta a Itália em bicicleta, no final da quinta etapa.

"Nos quilómetros finais da etapa [entre Modena e Cattolica], Landa sofreu um acidente com outros três corredores num separador de estrada. Foi transportado para o Hospital de Riccione, onde está a receber tratamento a uma clavícula fraturada e várias costelas do lado esquerdo", assinala uma nota da equipa.

O ciclista espanhol, tido como um dos grandes favoritos à vitória final, vai passar a noite no hospital sob observação e submeter-se-á a exames mais específicos.

Apesar de ter abandonado a prova com a queda grave, "esteve consciente e de bom humor durante todo o tempo, mantendo-se com ânimo para voltar à bicicleta o quanto antes".

O português Nelson Oliveira (Movistar) aproveitou hoje a quinta etapa para subir a terceiro na geral, numa tirada ganha pelo australiano Caleb Ewan (Lotto Soudal) ao "sprint" após a confusão de várias quedas.

O russo Pavel Sivakov (INEOS), que foi um dos primeiros a cair em alta velocidade, antes do acidente que envolveu Landa e o norte-americano Joe Dombrowski (UAE Emirates), líder da montanha, também desistiu.

"Infelizmente, Pavel Sivakov foi obrigado a abandonar o Giro depois de lesionar-se no ombro numa queda no dia de hoje", avançou a sua equipa.

Nas contas da geral, em que o italiano Alessandro de Marchi (Israel Start-Up Nation) manteve a camisola rosa que arrebatou na terça-feira, o novo segundo classificado é o belga Louis Vervaeke (Alpecin-Fenix), a 42 segundos, enquanto Nelson Oliveira, que foi 19.º na tirada, subiu um posto, para terceiro.