Luís Costa vence prova de fundo da Taça do Mundo de Paraciclismo

Luís Costa vence prova de fundo da Taça do Mundo de Paraciclismo
Redação com Lusa

Tópicos

A uma semana do Campeonato do Mundo, que também vai se realizar no Canadá, Luís Costa dá mostras de se encontrar em excelente forma.

Luís Costa venceu este sábado a prova de fundo da classe H5 da Taça do Mundo de paraciclismo, a decorrer no Quebec, no Canadá, juntando o ouro à prata conquistada no contrarrelógio.

A uma semana do Campeonato do Mundo, que também vai se realizar no Canadá, Luís Costa dá mostras de se encontrar em excelente forma e, nos 61,6 quilómetros, provou estar num nível muito superior à concorrência.

Luís Costa deixou para trás os principais adversários e cortou a meta com 28 segundos de vantagem sobre o polaco Krzyzstof Plewa e 55 sobre o italiano Diego Colombari, que terminaram na segunda e terceira posições do pódio, respetivamente.

Flávio Pacheco estreou-se na etapa canadense da Taça do Mundo, depois de ter falhado a participação no contrarrelógio, porque, na altura, a sua handbike estava extraviada.

Ressentindo-se da paragem forçada, por falta de equipamento, Flávio Pacheco não conseguiu acompanhar os melhores nos 61,6 quilómetros da corrida da classe H4 e foi décimo classificado, a uma volta dos melhores.

A medalha de ouro viaja para a Áustria, na bagagem de Thomas Frühwirth, que se impôs ao francês Mathieu Bosredon, segundo a 22 segundos, e ao polaco Rafal Wilk, terceiro a 3.10 minutos.

A participação portuguesa nesta ronda da Taça do Mundo de Paraciclismo termina no domingo, com Bernardo Vieira (C1) e Telmo Pinão (C2) a competirem nas respetivas provas de fundo, que também terão 61,6 quilómetros.