Líder da montanha desiste do Giro com concussão cerebral

Líder da montanha desiste do Giro com concussão cerebral
Redação com Lusa

Tópicos

O norte-americano, de 30 anos, foi uma das vítimas de uma queda a alta velocidade na perigosa chegada a Cattolica, tendo embatido, tal como Mikel Landa (Bahrain Victorious), que também desistiu.

O ciclista norte-americano Joe Dombrowski (UAE Emirates), líder da montanha, desistiu esta quinta-feira da Volta a Itália, devido a uma concussão cerebral, resultante da queda sofrida na quinta etapa da prova, na quarta-feira.

"Infelizmente, Joe Dombrowski não vai alinhar na sexta etapa do Giro após a queda sofrida ontem [na quarta-feira]. Testes neurofisiológicos realizados no hotel da equipa na última noite detetaram problemas de equilíbrio. Esta manhã, foi reavaliado e essa condição agravou-se. Foi oficialmente diagnosticado com uma concussão e não vai continuar na corrida", revelou a UAE Emirates.

O norte-americano, de 30 anos, foi uma das vítimas de uma queda a alta velocidade na perigosa chegada a Cattolica, tendo embatido, tal como Mikel Landa (Bahrain Victorious), que também desistiu, num bandeirinha que sinalizava mobiliário urbano.

O vencedor da quarta etapa da 104.ª edição da "corsa rosa" ainda acabou a tirada, embora tenha perdido a segunda posição da geral que era sua à partida para os 177 quilómetros entre Modena e Cattolica, ao chegar a mais de oito minutos do vencedor, o "sprinter" australiano Caleb Ewan (Lotto Soudal).

Com a desistência de Dombrowski, a camisola azul da montanha será "herdada" pelo italiano Vincenzo Albanese (EOLO-Kometa).

Na quarta-feira, além de Mikel Landa, um dos grandes favoritos à vitória final, que sofreu fratura de clavícula e de várias costelas, também o russo Pavel Sivakov (INEOS), outro dos nomes fortes desta Volta a Itália, desistiu na sequência de uma queda na aproximação a Cattolica.

Hoje, a sexta etapa liga Grotte di Frasassi a Ascoli Piceno em 160 quilómetros, com chegada em alto e traçado acidentado, antevendo-se mais mexidas nos primeiros postos da classificação geral, liderada pelo italiano Alessandro de Marchi (Israel Start-Up Nation) e na qual Nelson Oliveira é terceiro, a 48 segundos.