Julian Alaphilippe regressa ao treino condicionado após queda em Liège

Julian Alaphilippe regressa ao treino condicionado após queda em Liège
Redação com Lusa

Tópicos

O ciclista de 29 anos continuará a ser monitorizado e só com total autorização dos médicos é que será "implementado um programa para o regresso à competição".

O ciclista francês Julian Alaphilippe (QuickStep-Alpha Vinyl), bicampeão do mundo de fundo, pode voltar ao treino condicionado, prosseguindo a recuperação de um pulmão colapsado após a queda na Liège-Bastogne-Liège, revelou esta quinta-feira a equipa belga.

"Após a queda no último mês, o campeão mundial fez novos exames, que revelaram que o pneumotórax que sofreu está completamente resolvido, por isso Julian pode voltar ao treino ligeiro, em cima de rolos", explica a QuickStep-Alpha Vinyl, em comunicado hoje divulgado.

O ciclista de 29 anos continuará a ser monitorizado e só com total autorização dos médicos é que será "implementado um programa para o regresso à competição".

A 24 de abril, Alaphilippe sofreu uma queda grave na clássica belga, sendo hospitalizado com um pulmão colapsado e múltiplas fraturas, o que alarmou os adeptos franceses e da QuickStep.

"Tudo está a seguir no bom caminho, e espero que em breve esta grande queda não seja mais que uma má memória", escreveu o campeão do mundo nas redes sociais em 07 de maio.

Apesar do regresso, continua em dúvida o programa para 2022 de "Loulou", um dos principais ciclistas do pelotão mundial na atualidade, que contava com a Volta a França, que arranca a 1 de julho.