João Almeida ganha segundos e sonha com o terceiro lugar no Giro

João Almeida ganha segundos e sonha com o terceiro lugar no Giro
Carlos Flórido

Tópicos

Ciclista da Deceuninck-Quick Step ganhou segundos na geral individual e poderá tentar chegar ao terceiro lugar na etapa final, este domingo. Hindley e Hart estão empatados na frente!

A Volta a Itália sofreu nova reviravolta no penúltimo dia e João Almeida tentou aproveitar uma ofensiva da Ineos para recuperar posições, mas apenas se aproximou de Wilco Kelderman, que foi destronado da liderança por Jai Hindley, que ficou com o mesmo tempo de Tao Geoghegan Hart.

Numa 20.ª etapa com 190 km entre Alba e Sestriere, subindo-se três vezes a esta estância de esqui, foi na penúltima subida que a Ineos, com Rohan Dennis a puxar mais uma vez Tao Geoghegan Hart, atacou para mudar a corrida.

Kelderman cedeu cedo, mas Hindley, que era segundo da geral, acompanhou sempre Hart, tal como acontecera na etapa rainha, perdendo apenas a etapa e nos metros finais. As bonificações da etapa valeram um inesperado empate entre ambos no primeiro lugar.

João Almeida ainda teve de puxar por Kelderman alguns quilómetros, mas recebeu uma preciosa ajuda da sua equipa - de forma inteligente, a Deceuninck-Quick Step, colocara vários corredores em fuga, para ajudarem o seu líder na fase final - e conseguiu atacar e isolar-se já na última subida, a quatro quilómetros da meta final.

O português foi quarto, a um minuto, e recuperou 34 segundos para Kelderman e Pello Bilbao, o que alimenta a esperança de ainda conseguir recuperar lugares.
O Giro termina este domingo, com um contrarrelógio de 15,7 km em Milão, sendo João Almeida o favorito entre os primeiros da geral.

Se a prova individual irá decidir o vencedor do Giro, para o terceiro lugar o grande candidato é Wilco Kelderman, que é bom contrarrelogista e tem 1m42 de vantagem para João Almeida. Só a quebra de forma do holandês gera algumas dúvidas.

Quanto ao quarto lugar, e estando o jovem português a 23 segundos de Pello Bilbao, é uma meta realista, apesar da curta distância deste último "crono".

CLASSIFICAÇÕES

20.ª Etapa: Alba-Sestriere (190 km)

1.º Tao Geoghegan Hart (Ineos), 4:52:45

2.º Jai Hindley (Sunweb), m.t.

3.º Rohan Dennis (Ineos), a 25s

4.º João Almeida (Deceuninck), a 1m01s

5.º Andrea Vendrame (AG2R), a 1m34s

6.º Einer Augusto Rubio (Movistar), a 1m35s

7.º Pello Bilbao (Bahrain), m.t.

8.º Wilco Kelderman (Sunweb), m.t.

Geral individual

1.º Jai Hindley (Sunweb), 85h22m07s

2.º Tao Geoghegan Hart (Ineos), m.t.

3.º Wilco Kelderman (Sunweb), a 1m32s

4.º Pello Bilbao (Bahrain), a 2m51s

5.º João Almeida (Deceuninck), a 3m14s

6.º Jakob Fuglsang (Astana), a 6m32s

7.º Vincenzo Nibali (Trek), a 7m46s

8.º Patrick Konrad (Bora), a 8m05s