W52-FC Porto e Sporting/Tavira em destaque na Volta a Aragão

W52-FC Porto e Sporting/Tavira em destaque na Volta a Aragão

Edgar Pinto, em 10.º lugar, e Grigoryev, em 12.º, cortaram a meta com o mesmo tempo do vencedor.

O português Edgar Pinto (W52-FC Porto) e o russo Alexander Grigoryev (Sporting/Tavira) terminaram, esta sexta-feira, no grupo da frente a primeira etapa da Volta a Aragão em bicicleta, em Espanha, ganha pelo francês Justin Jules (Wallonie-Bruxelles).

Jules impôs-se no sprint final ao seu compatriota Thomas Boudat (Direct Energie) e ao espanhol Eduard Prades (Movistar), cumprindo os 186,2 quilómetros de percurso entre a localidade de Andorra e Calatayud em 5:04.59 horas.

Edgar Pinto, em 10.º lugar, e Grigoryev, em 12.º, cortaram a meta com o mesmo tempo do vencedor e foram os únicos representantes das equipas portuguesas a chegar no primeiro grupo, de 19 corredores, depois de a Direct Energie e Movistar terem aproveitado o vento a pouco mais de 40 quilómetros do final para provocar cortes no pelotão.

O grupo mais numeroso, em que seguia a maioria dos corredores do FC Porto, do Sporting, da Efapel e da Rádio Popular-Boavista, chegou com um atraso de 41 segundos. O 'leão' Alejandro Marque e o portista Gustavo Veloso, vencedores da Volta a Portugal - o primeiro em 2013 e o segundo nos dois anos seguintes - chegaram em 31.º e 55.º, respetivamente.

Luís Mendonça, em 28.º, foi o melhor da Rádio Popular-Boavista, e Rafael Silva, 35.º, encabeçou os corredores da Efapel.

Na geral, Jules comanda com quatro segundos de avanço sobre Boudat e seis em relação a Prades, enquanto Edgar Pinto e Alexander Grigoryev estão a 10 segundos, diferença justificada pela bonificação atribuída ao vencedor.

A segunda etapa, com 186,2 quilómetros, vai ligar a Sadaba e Candranc, onde a meta coincide com contagem de montanha de terceira categoria.