"O meu único erro foi na etapa em que o Alarcón vestiu de amarelo"

"O meu único erro foi na etapa em que o Alarcón vestiu de amarelo"

Jóni Brandão do Sporting-Tavira foi segundo da classificação geral da Volta a Portugal'2018

Infeliz e satisfeito: "Saber a pouco sabe, porque não vim para esta Volta para ser o melhor português ou para fazer o segundo lugar. Vim para a Volta a Portugal com o objetivo de a ganhar. É o segundo ano em que consigo fazer segundo. Mas acabo por ficar contente com a minha prestação. Resta-me continuar a trabalhar e a lutar para um dia conseguir voltar a vencer a Volta a Portugal e espero que seja já para o ano."

Errar e tentar: "Sinceramente não me arrependo de nada. O meu único erro foi na etapa em que o Alarcón vestiu de amarelo e em que atravessei um dia que não estava a sentir-me muito bem e o Alarcón aproveitou isso. Quanto ao resto das outras etapas, tentei a minha sorte, ataquei, tentei ir em busca da vitória, não consegui, porque o Alarcón estava muito forte. Dou-lhe os parabéns."

Futuro do Sporting: "Espero que isso [eleições] não afete a equipa de ciclismo, porque é uma excelente modalidade para o Sporting e espero que continue no ciclismo. Quanto ao meu futuro está tudo em aberto, mas ainda é cedo para falar do futuro. Não me cabe a mim continuar ou não, também cabe ao Sporting querer ficar comigo. Espero que queiram".