Francisco Campos surpreende na Abertura

Francisco Campos surpreende na Abertura

Jovem do Miranda-Mortágua bateu todos os corredores de Elite no sprint de Ovar e tornou-se no primeiro vencedor da época nacional.

Francisco Campos, um jovem de 19 anos que assinou esta época pela Miranda-Mortágua, venceu em Ovar a primeira competição nacional de ciclismo profissional, superando no sprint outro corredor de equipas de clube, César Martingil, da Liberty Seguros-Carglass. O primeiro corredor das equipas de Elite foi Fábio Silvestre, uma das grandes novidades do Sporting-Tavira.

A Prova de Abertura, organizada pela Federação Portuguesa de Ciclismo, e com 160,8 quilómetros entre Anadia e Ovar, decorreu a boa velocidade e teve o final em pelotão que se previa, mas o desfecho não poderia ter sido mais surpreendente, pois não havia memória de as equipas de formação baterem de forma tão concludente as profissionais.

Classificações

PROVA DE ABERTURA: Anadia-Ovar (160,8 km)
Média: 41,334 km/h

1. Francisco Campos (Miranda-Mortágua), 3h53m25s
2. César Martingil (Liberty-Carglass), mt
3. Fábio Silvestre (Sporting-Tavira), mt
4. Egoitz Garcia, mt
5. Ivo Oliveira (Seleção Nacional), mt
6. Luís Mendonça (Louletano-H. Loulé), mt
7. Daniel Sanchez (RP-Boavista), mt
8. Rafael Silva (Efapel), mt
9. Luís Gomes (RP-Boavista), mt
10. André Crispim (Liberty-Carglass), mt

Equipas: 1. Rádio Popular-Boavista, 11h40m15s
Montanha: 1. Mario Gonzalez (Sporting-Tavira)
Juventude: 1. Francisco Campos (Miranda-Mortágua)