Euskaltel-Euskadi acaba

O português Ricardo Mestre poderá agora assinar pela Efapel-Glassdrive

Em comunicado publicado no sítio oficial, a Euskaltel-Euskadi anunciou que a equipa de ciclismo deixará de existir no final da presente época.

"A Euskaltel-Euskadi não poderá continuar na próxima temporada. A entrada de um segundo patrocinador, essencial para assegurar a sustentabilidade da equipa de ciclismo, não aconteceu, o que torna inviável a continuidade da equipa em 2014", pode ler-se, o que leva a concluir não ter existido acordo com o banco russo Tinkoff, conforme anunciou a edição em papel desta terça-feira de O JOGO.

Ciclistas de grande nomeada como Samuel Sánchez e Mikel Nieve ficam assim livres para poder negociar com outras equipas do pelotão internacional.

O Portugêrs Ricardo Mestre, que fora um dos primeiros estrangeiros da equipa basca, deverá estar de regresso ao pelotão nacional, pois, como o O JOGO noticiou esta terça-feira, a Efapel-Glassdrive irá oferecer ao algarvio o lugar de chefe de fila.