Chris Froome ainda vai correr este ano e já pensa no quinto Tour

Chris Froome ainda vai correr este ano e já pensa no quinto Tour
Frederico Bártolo

Tópicos

Britânico pretende ter contacto com a competição antes de encerrar a época e diz que vencer a Volta a França depois de um grave acidente será ainda mais grandioso

Chris Froome ficou arredado da Volta a Fraça por um acidente, em junho, que o deixou em perigo de vida, mas reitera que ainda vai correr este ano, no japonês Saitama Tour, a 27 de outubro. Trata-se de uma clássica de exibição, mas terá um valor simbólico importante para o corredor da Ineos.

O britânico sofreu uma fratura na perna direita, na anca e costelas. "Será excelente poder ir a um desses critérios, simplesmente para voltar à ação profissional antes de janeiro", revelou, apontando também aos Jogos Olímpicos de Tóquio: "Os Jogos serão muito difíceis, ainda para mais sendo uma semana depois do Tour - isto assumindo que vou ao Tour. Penso que posso competir na prova em linha e no contrarrelógio."

Vencer um quinto Tour permite-lhe entrar na restrita lista de quatro nomes que já festejaram o penta (Anquetil, Merckx, Hinault e Indurain) e esse continua a ser o maior objetivo de Froome, que diz agora ainda de maior impacto: "Vou ter de treinar muito, porque as diferenças estão cada vez menores. Todos fazem altitude, todos estagiam nos mesmos locais...Vencer cinco vezes o Tour será incrível. Fazê-lo depois de uma queda que me poderia ter acabado a carreira é ainda maior. As pessoas que disseram que eu não conseguiria voltar a lutar pela Volta a França só me motivaram."