"Frederico Figueiredo é de World Tour, Mauricio precisa do bom grupo"

"Frederico Figueiredo é de World Tour, Mauricio precisa do bom grupo"

Considera Rúben Pereira, diretor-desportivo da Glassdrive-Q8-Anicolor, em entrevista a O JOGO.

"Ele era o corredor mais forte da Volta. Que fique claro. Aliás, é o mais regular, que começa a andar bem na Volta ao Algarve e acaba no Grande Prémio JN", diz Rúben Pereira, diretor-desportivo da Glassdrive-Q8-Anicolor, sobre Frederico Figueiredo, que considera "um corredor de World Tour e já não é de agora; ele quando vai lá fora bate-se com os melhores do mundo".

Sobre Mauricio Moreira já coloca uma condição no salto para a primeira divisão: "Tem muita qualidade, em números não há ninguém que se compare, mas necessita de um bom grupo, como o nosso". Daí a importância de ter ganho a Volta: "O Mauricio sofreu muito com o que lhe aconteceu no ano passado. Por isso decidimos que lhe iríamos dar a vitória na Volta, para lhe retirar o peso que ele carregava. E também por isso a postura do Fred, sendo rara, foi o mais importante".

Não perca a restante entrevista a Rúben Pereira: