Federação de Ciclismo suspende toda a atividade até 3 de abril

Federação de Ciclismo suspende toda a atividade até 3 de abril
Redação

Tópicos

A clássica da Arrábida, 15 março, e a Volta ao Alentejo, de 18 a 22 de março, são as provas canceladas.

A Federação Portuguesa de Ciclismo anunciou esta quarta-feira que suspendeu toda a atividade velocipédica em Portugal até ao dia 3 de abril. Em comunicado, o organismo refere ainda que reunirá mais tarde para recalendarizar os eventos de ciclismo.

"Face aos desenvolvimentos das últimas horas e às recomendações recebidas das entidades com responsabilidades sanitárias no país, a Federação Portuguesa de Ciclismo decidiu suspender toda a atividade desportiva desde hoje até ao dia 3 de abril", pode ler-se no comunicado.

"Na última semana de março, a Federação Portuguesa de Ciclismo, tendo em conta a evolução que o COVID-19 tenha no país, irá reunir-se com as Associações Regionais de Ciclismo e com os diferentes organizadores e demais entidades afetadas pela suspensão da atividade desportiva, no sentido de recalendarizar os eventos que seja possível reagendar, procurando manter, tanto quanto possível, a coerência desportiva dos calendários velocipédicos de 2020", lê-se ainda.

A clássica da Arrábida, 15 março, e a Volta ao Alentejo, de 18 a 22 de março, são as provas canceladas.

Se o calendário regressar depois de 3 de abril, será com a Clássica das Aldeias do Xisto, a 5 de abril, e depois o GP das Beiras e Serra da Estrela, de 17 a 19 de abril.