Europeus2022: Ciclista Rui Oliveira 16.º na prova de fundo, ganha por Jakobsen

Europeus2022: Ciclista Rui Oliveira 16.º na prova de fundo, ganha por Jakobsen
Redação com Lusa

Tópicos

Numa prova em que foi o único corredor português presente, Rui Oliveira tentou manter-se junto aos primeiros quando os dois elementos que estavam em fuga foram alcançados, mas ia caindo a cerca de 300 metros da meta, ao desviar-se de outro ciclista, impossibilitando-o de discutir as medalhas

O ciclista português Rui Oliveira foi este domingo 16.º classificado na prova de fundo dos Europeus de Munique, na Alemanha, em prova ganha ao sprint pelo neerlandês Fábio Jakobsen.

Numa prova em que foi o único corredor português presente, Rui Oliveira tentou manter-se junto aos primeiros quando os dois elementos que estavam em fuga foram alcançados, mas ia caindo a cerca de 300 metros da meta, ao desviar-se de outro ciclista, impossibilitando-o de discutir as medalhas.

No sprint final, Jakobsen, que sofreu um acidente grave em agosto de 2020, foi o mais rápido, assegurando o título europeu com o tempo de 4:38.39 horas, o mesmo tempo do segundo, o francês Arnad Demare, e do terceiro, o belga Tim Merlier.

Rui Oliveira ainda cruzou a meta integrado no pelotão, no 16.º lugar, com o mesmo tempo de Jakobsen.

A segunda edição dos campeonatos Europeus multidesportos está a decorrer em Munique até 21 de agosto e reúne nove modalidades, estando Portugal representado em sete, nomeadamente atletismo, canoagem, ciclismo, ginástica artística, remo, ténis de mesa e triatlo.