Egan Bernal deixa mensagem nas redes sociais: "Tive 95% de probabilidade de ficar paraplégico"

Egan Bernal deixa mensagem nas redes sociais: "Tive 95% de probabilidade de ficar paraplégico"

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Redação com Lusa

Tópicos

Quatro dias depois do violento acidente enquanto treinava, ciclista colombiano deixa mensagem de agradecimento nas redes sociais

Quatro dias depois de ter colidido com um autocarro enquanto treinava, tendo sido internado em estado muito grave, Egan Bernal recorreu às redes sociais para dar conta do seu estado de saúde e estado de espírito.

"Tive 95 por cento de probabilidade de ficar paraplégico e de quase perder a vida enquanto fazia o mais gosto. Hoje quero agraceder a Deus, à Clinica Unisabana, a todos os seus especialistas por terem feito o impossível, à minha família, @mafemotas, amigos e a todos pelos vossos desejos. Continuo na unidade de cuidados intensivos à espera de mais cirurgias, mas confio em Deus, tudo vai correr bem", pode ler-se no Twitter.

Recorde-se que as últimas informações, reveladas na quinta-feira, davam conta que o ciclista da INEOS estava ligado a um ventilador e que nos próximos dias receberá tratamento para a contusão pulmonar resultante do acidente grave que sofreu na segunda-feira. "A Clínica Universidade de la Sabana informa que neste momento Egan Bernal encontra-se na Unidade de Cuidados Intensivos. O paciente está a receber assistência ventilatória, hemodinâmica e inotrópica", detalhou, em comunicado, a clínica situada nos arredores de Bogotá.

A nota indicava que os médicos esperavam poder "ir despertando pouco a pouco o paciente, para, tendo em conta todos os líquidos de que necessitou [durante as operações], dar-lhe a oportunidade de recuperar paulatinamente".

"Nos próximos dias, irá ser tratado o risco de infeção e a contusão pulmonar que sofreu, para que o paciente possa ficar mais estável", acrescenta.

Horas depois, a assessoria de imprensa do corredor colombiano revelou, em comunicado, que Bernal "já está acordado", embora permaneça nos cuidados intensivos.

O vencedor do Tour'2019 e do Giro'2021 colidiu na segunda-feira com um autocarro enquanto treinava com outros colegas de equipa ao norte de Cundinamarca, nos arredores de Bogotá, e sofreu uma fratura vertebral", fraturas no fémur e rótula direitos e "um trauma torácico e uma perfuração de pulmão", além de ter partido "várias costelas" na queda, revelou hoje a INEOS.

O ciclista de 25 anos, que é um dos principais nomes do pelotão, foi submetido a duas operações durante esta madrugada na Clínica Universidade de la Sabana, para onde foi transportado após o grave acidente.

"Os médicos conseguiram fixar a sua perna direita e estabilizar a fratura vertebral em duas cirurgias distintas durante a noite passada. Ele está agora nos cuidados intensivos, onde outras potenciais lesões secundárias estão a ser tratadas, assim como a resposta do seu corpo ao trauma", informou a formação britânica.

Na segunda-feira, a polícia local, citada pela agência EFE, explicou que o corredor colombiano chocou contra o autocarro quando este se deteve "bruscamente" para deixar sair um passageiro.

Segundo as autoridades, Bernal, "que circulava no mesmo sentido e na mesma via [do autocarro], não viu a manobra feita pelo veículo, chocando com a traseira do mesmo".