Dumoulin volta a competir e já tem data para o regresso

Dumoulin volta a competir e já tem data para o regresso
Redação com Lusa

Tópicos

Ciclista holandês tinha colocado a carreira em suspenso em janeiro.

Tom Dumoulin (Jumbo-Visma), que tinha colocado a carreira em suspenso em janeiro, vai voltar a competir na Volta à Suíça, em junho, anunciou esta quinta-feira a sua equipa, a Jumbo-Visma.

"Dumoulin voltará ao pelotão profissional na Volta à Suíça. O ciclista da Jumbo-Visma tomou esta decisão em conjunto com a equipa, porque reencontrou a alegria no ciclismo", pode ler-se num curto comunicado.

O objetivo do vencedor da Volta a Itália de 2017, de 30 anos, é a prova suíça, de 6 a 13 do próximo mês, seguindo-se os Nacionais dos Países Baixos, a caminho de tentar cumprir a "ambição" de estar nos Jogos Olímpicos Tóquio'2020, adiados para este verão.

Dumoulin foi segundo no Giro e na Volta a França de 2018, venceu um título mundial de contrarrelógio e a prata do Rio'2016, também no "crono", mas em janeiro deste ano anunciou querer "pausar".

"Quem sabe onde isto me levará? Falarei com muita gente, pensarei, vou passear com o meu cão e descobrir o que quero como pessoa, da bicicleta, e da vida", explicou então o corredor, que descreveu a sensação de parar como libertar-se de "uma mochila com 100 quilos".

O holandês, que estava inicialmente escalado para voltar ao Tour, não participa numa corrida competitiva desde o final de outubro de 2020, quando abandonou a Volta a Espanha.

Antes de voltar em agosto de 2020, já tinha passado mais de 400 dias sem correr, entre uma lesão grave num joelho e a paragem provocada pela pandemia de covid-19.