Delmino Pereira é candidato à Federação de Ciclismo

Delmino Pereira é candidato à Federação de Ciclismo

Antigo ciclista vai avançar para a presidência, até porque o atual líder federativo e já designado presidente honorário, não poderá apresentar-se a novo sufrágio.

O antigo ciclista Delmino Pereira, um dos "vices" da direção presidida pelo "histórico" Artur Lopes, assumiu hoje a sua candidatura à liderança da Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC), nas eleições de 13 de outubro, em declarações à Agência Lusa.

O antigo campeão português de estrada, com 45 anos e natural de Vila Real, conta para já com o apoio da maior associação regional do País, a Associação de Ciclismo do Minho (cerca de 60 clubes e mais de 1.500 praticantes).

"Vou-me candidatar. Estou a preparar tudo para o fazer oficialmente em breve. Os objetivos serão continuar e reforçar o trabalho desta direção, com um cunho pessoal. No fundo, é desenvolver o ciclismo e atualizá-lo para os melhores padrões que se praticam em várias federações em todo o Mundo", afirmou Delmino Pereira, há oito anos ligado à FPC.

Artur Lopes, com 66 anos e líder da FPC desde 1993, foi entretanto designado presidente honorário, encontrando-se impedido de concorrer a um sétimo mandato seguido devido ao novo Regime Jurídico das Federações Desportivas, que impede o desempenho pela mesma pessoa de mais do que três mandatos no mesmo órgão de uma instituição do género.

"Ainda não posso divulgar, mas haverá, forçosamente, novos dirigentes, gente jovem de todas as vertentes do ciclismo, desde a alta competição ao lazer, sem esquecer as pessoas que têm experiência no ciclismo. Basicamente, trata-se de pensar no atleta, clubes e também no desenvolvimento da prática em massa", continuou o candidato, quando questionado sobre quem serão os seus parceiros na lista.

Há cerca de um ano, também durante a Volta a Portugal, os nomes de Delmino Pereira, do diretor da prova e também antigo corredor, Joaquim Gomes, que venceu a "Portuguesa" em 1989 e em 1993, assim como o diretor-desportivo da Onda-Boavista, José Santos, já se tinham perfilado para suceder a Artur Lopes.

As eleições para os órgãos sociais da FPC, convocadas há um dia pelo presidente da Mesa da Assembleia Geral, Francisco Manuel Fernandes, vão realizar-se em 13 de outubro, sendo que o prazo para a entrega de listas candidatas é o dia 28 de setembro.