Campeão mundial Julian Alaphilippe renuncia aos Jogos Olímpicos

Campeão mundial Julian Alaphilippe renuncia aos Jogos Olímpicos
Redação com Lusa

Tópicos

Ciclista francês fala em "decisão pessoal e muito ponderada".

O ciclista francês Julian Alaphilippe (Deceuninck-QuickStep), campeão do mundo em título, renunciou esta sexta-feira aos Jogos Olímpicos de Tóquio, invocando uma "decisão pessoal e muito ponderada".

"Informo-vos que, após uma longa reflexão, e conjuntamente com o selecionador francês e a minha equipa, a Deceuninck-QuickStep, decidi não ser candidato a uma seleção para os próximos Jogos de Tóquio", escreveu o ciclista francês, de 28 anos, na sua conta nas redes sociais Instagram e Twitter.

Aquele que seria um dos principais candidatos às medalhas na prova de fundo de Tóquio'2020 refere que ausência na capital japonesa é fruto de "uma decisão pessoal e muito ponderada".

"Os objetivos para o final da temporada foram definidos e, nesse sentido, escolhas têm de ser feitas. Terei todo o orgulho em vestir a camisola da seleção francesa nos próximos Mundiais", concluiu.

Julian Alaphilippe, que é o principal nome do ciclismo francês na atualidade e um dos corredores mais carismáticos do pelotão, esteve em destaque nas clássicas de primavera, conquistando a Flèche Wallonne, sendo segundo na Liège-Bastogne-Liège e sexto na Amstel Gold Race.

"Loulou" deverá ser o principal nome da formação belga na Volta a França, que decorre entre 26 de junho e 18 de julho.