Bauke Mollema foge e ganha a Volta à Lombardia

Bauke Mollema foge e ganha a Volta à Lombardia

José Gonçalves (Katusha Alpecin) e Rui Costa (UAE-Emirates) não terminaram a 103.ª edição da corrida

O holandês Bauke Mollema (Trek-Segafredo) venceu pela primeira vez um monumento do calendário velocipédico mundial, ao conquistar a Volta à Lombardia, após uma fuga.

Mollema, de 32 anos, impôs-se em solitário na última grande clássica da temporada, ao cumprir os 243 quilómetros entre Bérgamo e Como em 5:52.59 horas, após um ataque na penúltima subida, a 18 quilómetros do fim.

O espanhol Alejandro Valverde (Movistar), campeão do mundo de fundo, impôs-se ao 'sprint' pelo segundo lugar ao colombiano Egan Bernal (INEOS), vencedor da Volta a França, 16 segundos depois de Mollema, que conseguiu a maior vitória da sua carreira, que contava com o triunfo na Clássica de San Sebastian, em 2016, e em uma etapa do Tour, em 2017.

O norueguês Jakob Fuglsang (Astana) 'fechou' o primeiro grupo de perseguidores, ao concluir a corrida no quarto posto, também a 16 segundos.

José Gonçalves (Katusha Alpecin) e Rui Costa (UAE-Emirates), terceiro na Il Lombardia de 2014, não terminaram a 103.ª edição da corrida.