Ciclismo: W52-FC Porto já se inscreveu para a temporada de 2023

.

 foto João Fonseca

Federação Portuguesa de Ciclismo recebeu nove pedidos de licenças para a próxima época, que ainda terá de aprovar, notando-se a ausência do Louletano.

A Federação Portuguesa de Ciclismo (UVP-FPC) informou esta terça-feira que recebeu nove pedidos de inscrição de equipas Continentais para a época de 2023, estando na lista da W52-FC Porto, que como O JOGO informara em primeira mão está a preparar um plantel para continuar no pelotão principal.

A lista das equipas não tem novidades, nem sequer nas designações, mas nela falta a Aviludo-Louletano. Os inscritos são ABTF Betão-Feirense, Atum General-Tavira-AP Maria Nova Hotel, Efapel Cycling, Glassdrive-Q8-Anicolor, Kelly-Simoldes-UDO, LA Alumínios-Credibom-Marcos Car, Rádio Popular-Paredes-Boavista, Tavfer-Mortágua-Ovos Matinados e W52-FC Porto.

A federação recordou que todas as equipas terão de cumprir as "normas particulares" criadas para a nova época e que incluem pagamentos para a criação de um passaporte biológico para todos os ciclistas, a ausência de elementos com um passado de doping e metade dos ciclistas de nacionalidade portuguesa.

Só após uma reunião de direção da UVP-FPC as candidaturas das equipas serão aprovadas, sendo-lhes comunicada essa decisão até dia 4 de outubro.