Mundo do ciclismo une-se no apoio a Egan Bernal

Bernal é o novo líder da Volta a Itália

 foto EPA

O vencedor do Tour'2019 e do Giro'2021 colidiu na segunda-feira com um autocarro enquanto treinava com outros colegas de equipa e sofreu uma fratura vertebral", fraturas no fémur e rótula direitos e "um trauma torácico e uma perfuração de pulmão", além de ter partido "várias costelas" na queda

A comunidade velocipédica uniu-se hoje para apoiar Egan Bernal (INEOS), após a queda grave sofrida pelo colombiano durante um treino na segunda-feira, desejando ver o vencedor do Tour'2019 e do Giro'2021 de regresso à estrada rapidamente.

"O Tour deseja uma pronta recuperação a Egan Bernal na sequência do acidente que sofreu ontem [segunda-feira]. Esperamos ver-te rapidamente em cima da bicicleta, Egan!", pode ler-se nas redes sociais oficiais da Volta a França, numa publicação ilustrada com o colombiano de 25 anos vestido de amarelo.

Também a organização da Volta a Itália endereçou uma mensagem de ânimo ao seu campeão em título: "Vamos Egan, esperamos ver-te em breve na estrada, campeão!".

"Egan, desejo-te toda a força e motivação para uma recuperação rápida, voltarás mais forte, campeão", escreveu o prodígio belga Remco Evenepoel (Quick-Step Alpha Vinyl), que esteve nove meses fora de competição devido a uma queda grave sofrida, em agosto de 2020, na Volta à Lombardia.

Numa publicação ilustrada com várias fotos dos tempos em que foram colegas de equipa na INEOS, o vencedor de quatro Voltas a França, Chris Froome (Israel Start-Premier Tech), também ele "vítima" de uma queda violenta que "arruinou" a sua brilhante carreira, disse que o seu pensamento está com Bernal e a sua família.

"Ânimo, campeão!", escreveu o bicampeão do Tour Tadej Pogacar (UAE Emirates), enquanto o veterano espanhol Alejandro Valverde (Movistar) enviou um "abraço forte" desde Espanha ao corredor colombiano, que definiu como "valente e um campeão", dizendo esperar vê-lo "em breve" nas corridas.

Perante o silêncio da INEOS, que demorou quase 24 horas a atualizar o estado do seu ciclista, Michal Kwiatkowski foi o "porta-voz" dos companheiros do colombiano: "Estamos à [tua] espera. Recupera bem, amigo".

"Estou a enviar ao Egan Bernal os meus sinceros desejos de uma recuperação rápida. Egan, estou ansioso por ver-te regressar ainda mais forte e partilhar a estrada contigo, onde quer que corramos", "twittou" Peter Sagan (TotalEnergies), que em 2019 partilhou o pódio da Volta a França com o colombiano enquanto vencedor da classificação por pontos da prova.

À solidariedade manifestada por várias equipas e corridas uniram-se os compatriotas velocipédicos de renome daquele que é um dos melhores ciclistas da atualidade: se Rigoberto Úran (EF Education-EasyPost) acredita que Bernal está numa prova da qual vai sair vitorioso, Nairo Quintana (Arkéa Samsic) disse saber o que representam "este tipo de situações" e que é possível recuperar e voltar ainda com mais força.

"Força, Egan! Ainda temos muitas batalhas pela frente e hoje calhou-te uma importante. [...] Sei que em breve recuperarás e estarás novamente em prova", escreveu o equatoriano Richard Carapaz, o campeão olímpico de Tóquio'2020 que era um dos companheiros de equipa que estava a estagiar na Colômbia.

O vencedor do Tour'2019 e do Giro'2021 colidiu na segunda-feira com um autocarro enquanto treinava com outros colegas de equipa e sofreu uma fratura vertebral", fraturas no fémur e rótula direitos e "um trauma torácico e uma perfuração de pulmão", além de ter partido "várias costelas" na queda, revelou hoje a INEOS.

O ciclista de 25 anos foi submetido a duas operações durante a madrugada na Clínica Universidade de la Sabana, para onde foi transportado após o grave acidente, e encontra-se nos cuidados intensivos, "onde outras potenciais lesões secundárias estão a ser tratadas, assim como a resposta do seu corpo ao trauma".