Giro: Carapaz mantém rosa e João Almeida a 32 segundos do líder

.

 foto AFP

Acompanhe as principais incidências da 15.ª etapa da Volta a Itália.

Richard Carapaz mantém a camisola rosa (63h06'57'') e João Almeida, a permanecer no terceiro lugar da geral, está, agora, a 32 segundos (mais dois após a 15.ª etapa) do equatoriano.

Santiago Buitrago (Bahrain) foi segundo e Antonio Pedrero (Movistar) terceiro.

Giulio Ciccone cruza a meta em primeiro lugar e vence a 15.ª etapa do Giro! É a terceira vez que o italiano ganha na competição, após 2016 e 2019.

Ciccone não desarma da liderança da 15.ª etapa. Restam 2km para a meta

Ciccone mantém-se isolado na frente da corrida a sete quilómetros do fim, com uma vantagem de 1.26 minutos sobre Buitrago.

Ciccone segue isolado, com 41 segundos de vantagem sobre Buitrago e Hugh Carthy, estes seguidos, mais atrás, por Pedrero, Tusveld e Rui Costa. Restam 13km.

John Carthy e Giulio Ciccone destacam-se na frente a 19km do fim da corrida. Rui Costa, Antonio Pedrero e Tusveld estão a 11 segundos.

Os ciclistas começam a subir ao Cogne, no topo do qual está uma contagem de segunda categoria e a própria meta da 15.ª etapa.

Rui Costa (UAE Emirates) apanhou o grupo da frente, composto por seis ciclistas, a cerca de 24km do fim, sendo um dos possíveis candidatos ao triunfo na 15.ª etapa.

Os ciclistas estão a descer a segunda montanha do dia. Giulio Ciccone (Trek-Segafredo), Santiago Buitrago (Bahrain Victorious), Antonio Pedrero (Movistar) e Hugh Carthy (Education-EasyPost) seguem na frente, com Rui Costa (UAE Emirates) a 16 segundos. A meta está a 31 km de distância.

Classificação geral da montanha:

1.º Koen Bouman, 109 pontos
2.º Diego Rosa, 92 pontos
3.º Jai Hindley, 62 pontos
4.º Richard Carapaz, 56 pontos
5.º Natnael Tesfatsion, 44 pontos

Contagem de montanha de primeira categoria em Verrogne:

1.º Giulio Ciccone, 40 pontos
2.º Santiago Buitrago, 18 pontos
3.º Antonio Pedrero, 12 pontos
4.º Hugh Carthy, 9 pontos

Rui Costa está a apenas 15 segundos do grupo líder da corrida. Restam 36km.

Formolo, após andar em fuga com Rui Costa, vai puxando o pelotão. A Emirates estará a "guardar" João Almeida, que segue no grupo do camisola-rosa Carapaz.

Butrago Sanchez, Antonio Pedrero e Giullio Ciccone seguem na frente da corrida, com curta vantagem de 23 segundos para o grupo de perseguidores.

A meio da subida a Verrogne, Rui Costa está a 26 segundos dos três primeiros.

UAE Emirates na frente do pelotão.

Vários grupos formados. Bouwman deixa o trio da frente e junta-se a Buitrago, Pedrero e Ciccone. Rui Costa e Hugh Carthy vêm a seguir.

Os ciclistas já iniciaram a subida da segunda montanha do dia, de primeira categoria. O trio da frente tem agora pouco mais de um minuto de vantagem para os perseguidores.

Van der Poel, Kowen Bouman e Martijn Tusveld na frente da corrida, com 43 segundos de vantagem para o grupo perseguidor e mais de cinco minutos para o pelotão. Em breve vão começar a subir outra montanha.

Classificação geral da montanha:

1.º Koen Bouman, 109 pontos
2.º Diego Rosa, 92 pontos
3.º Jai Hindley, 62 pontos
4.º Richard Carapaz, 56 pontos
5.º Natnael Tesfatsion, 44 pontos

Contagem de montanha de 1.ª categoria em Pila-Les-Fleurs:

1.º Koen Bouman, 40 pontos
2.º Natnael Tesfatsion, 18 pontos
3.º Nico Denz, 12 pontos
4.º Bauke Mollema, 9 pontos
5.º Merhawi Kudus, 6 pontos
6.º Harold Tejada, 4 pontos
7.º Rui Costa, 2 pontos
8.º Luca Covili, 1 ponto

Koen Bouwman (Jumbo-Visma) está a liderar a 15.ª etapa do Giro, quando restam 64km para o fim. O corredor neerlandês visa também alcançar a camisola azul.

Mathieu van der Poel adianta-se, claramente, ao grupo (cada vez mais partido) à frente do pelotão, onde seguem Rui Costa e Davide Formlo (UAE Emirates) a 70km do fim.

Já se sobe até Pila-Les Fleurs. Faltam cerca de 80 quilómetros para o fim e o grupo da frente tem vantagem de cerca de quatro minutos para o pelotão.

Mikael Cherel, Van der Poel, Melgar Cruz, Nicolas Prodhome, Ries de Bondt, Rui Costa e Tejada Cancue compõe o grupo destacada na frente da corrida.

Classificação geral dos pontos:

1.º Arnaud Démare, 238 pontos
2.º Mark Cavendish, 121 pontos
3.º Fernando Gaviria, 117 pontos
4.º Mathieu van der Poel, 91 pontos
5.º Alberto Dainese, 81 pontos

Classificação do sprint intermédio em Pollein:

1.º Dries de Bondt, 12 pontos
2.º Julius van der Berg, 8 pontos
3.º Nicolas Prodhomme, 6 pontos
4.º Bauke Mollema, 5 pontos
5.º Koen Bouwman, 4 pontos

Falta pouco para atingir a primeira montanha do dia na 15.ª etapa do Giro, no topo (1400m) da qual está fixada uma contagem de primeira categoria.

Restam cem quilómetros para o fim da 15.ª etapa do Giro.

Na frente da corrida, segue o quinteto composto por Remy Rochas, Erik Fetter, Thymon Arensman, Kudus Ghebremedhin e Lawson Craddock.

Faltam quinze quilómetros para a primeira subida deste dia de competição. Há, para já, alguns ciclistas envolvidos numa fuga e um pequeno grupo a perseguir

Os primeiros 70 quilómetros da 15.ª etapa da Volta a Itália já foram cumpridos pelos ciclistas. Pelotão persegue um pequeno grupo destacado na frente.

Os ciclistas seguem, em zona plana, a uma média de 52,2 km/h. Faltam alguns quilómetros até ao sopé da primeira montanha. Entretanto, os cinco fugitivos foram apanhados e o pelotão está novamente recomposto.

Cinco ciclistas estão em fuga do pelotão com vantagem de 10 segundos: Lennard Kaemna, Andrea Vendra, Ale Tonelli, Anthony Perez e Sylvain Moniquet.

Alguns ciclistas tentaram fazer ataques na frente da corrida, mas nenhum teve sucesso, pois o pelotão conseguiu acompanhar essas iniciativas.

Ciclistas dirigem-se para uma subida de quatro mil metros na Cogne.

Já se cumpriram quase 35 quilómetros e não houve separações do pelotão.

Eis a atual classificação geral da Volta a Itália:

1.º Richard Carapaz (INEOS), 58:21.28 horas
2.º Jai Hindley (Bora), a 7 segundos
3.º João Almeida (UAE), a 30 segundos
4.º Mikel Landa (Bahrain), a 59 segundos
5.º Domenico Pozzovivo (Intermaché), a 1.01 minutos
6.º Pello Bilbao (Bahrain), a 1.52 minutos
7.º Emanuel Buchmann (BORA), a 1.58 minutos
8.º Vincenzo Nibali (Astana), a 2.58 minutos
9.º Juan Pedro López (Trek), a 4.04 minutos
10.º Alejandro Valverde (Movistar), a 9.06 minutos

A 15.ª etapa da Volta a Itália tem uma distância de 177 quilómetros e passagens por três grandes montanhas nos últimos 80 quilómetros da corrida. A meta coincide com contagem de primeira categoria. Acompanhe, aqui, o desenrolar.

Bom dia. Arranca, em breve, a 15.ª etapa da Volta a Itália 2022, com a participação dos portugueses João Almeida, Rui Costa e Rui Oliveira.