Direto: acompanhe a corrida de João Almeida na etapa 17 do Giro

João Almeida lidera a UAE Emirates no Giro

 foto AFP

Tirada entre Ponte di Legno e Lavarone, na distância de 168 quilómetros, onde se incluem duas montanhas de primeira categoria.

Ainda não há classificação oficial, mas é certo que Almeida desce ao quarto lugar, por troca com Landa

João Almeida corta agora a meta. Português perde o terceiro lugar para Landa

Mais ciclistas cortam a meta. Não há, por isso, bonificações para os homens da geral

Leemreize, da Jumbo, corta a meta em segundo lugar

Não há ainda indicação da distância do grupo do camisola rosa para João Almeida. Será certo, todavia, que o português irá perder tempo

Cinco quilómetros para o fim: Santiago Buitrago pedala para a vitória de etapa

Landa volta a tentar deixar Carapaz e Hindley para trás

Na frente, Buitrago cola-se a Leemreize a pouco mais de oito quilómetros da meta. Ataca depois e isola-se. Está, por isso, em grande posição para vencer a etapa

Carapaz, Hindley e Landa seguem juntos. João Almeida está atrás deste trio

Landa ataca no grupo dos favoritos. Carapaz e Hindley respondem. Almeida fica para trás

Gijs Leemreize, entretanto, já deixou Van der Poel e segue isolado à procura da vitória de etapa

Richie Porte, da INEOS, impõe ritmo no grupo dos candidatos. Almeida vem mais atrás

Gijs Leemreize cola-se a Van der Poel na frente. Primeiro grupo de perseguidores a mais de um minuto do duo

João Almeida evidencia dificuldades no grupo dos favoritos. Conta com a ajuda de um companheiro de equipa para retomar contacto

Estamos na última contagem de montanha. João Almeida mantém-se no grupo dos favoritos, ainda sem ataques a registar

15 quilómetros para o fim: Van der Poel isola-se na frente

20 quilómetros para o fim: Mathieu Van der Poel e Gijs com 01m08s de vantagem para Carthy, Hirt, Buitrago, Bouwman, Gall, Martin e Vansevenant

Mathieu Van der Poel e Gijs Leemreize ganham alguma vantagem na descida

Corredores estão agora na descida, com o pelotão a 05m02s da frente

Eis a passagem no alto de Passo del Vetriolo e os pontos para a montanha:

1. Koen Bouwman (Jumbo-Visma) 40 pontos
2. Gijs Leemreize (Jumbo-Visma) 18
3. Mathieu Van der Poel (Alpecin-Fenix) 12
4. Felix Gall (AG2R) 9
5. Jan Hirt (Intermarché-Wanty-Gobert) 6
6. Santiago Buitrago (Bahrain Victorious) 4
7. Hugh Carthy (EF Education-EasyPost) 2
8. Guillaume Martin (Cofidis) 1

João Almeida ainda conta com Rui Costa no grupo dos favoritos, prestes a passar no alto

Bowman, camisola azul da montanha, passa na frente na contagem de primeira categoria

Simon Yates, vencedor de duas etapas, abandona o Giro

Carthy, Buitrago, Bouwman, Hirt e Vansevenant perseguem os ciclistas da frente. Estão a menos de 20 segundos

Segundo grupo de fugitivos a 33 segundos do quarteto da frente

Van der Poel, Covi, Gall e Martin seguem na frente da corrida. Pelotão a 06m26s

Estamos na contagem de primeira categoria de Passo del Vetriolo

Jan Hirt, um dos fugitivos, virtualmente no quinto lugar da geral individual

50 quilómetros para o fim: João Almeida segue tranquilo no pelotão dos favoritos. Principais dificuldades estão ainda pela frente

Mathieu Van der Poel (Alpecin-Fenix), Guillaume Martin (Cofidis), Hugh Carthy (EF Education-EasyPost), Lorenzo Fortunato (Eolo-Kometa), Koen Bouwman, Gijs Leemreize, Sam Oomen (Jumbo-Visma), Antonio Pedrero (Movistar), Mauri Vansevenant (Quick-Step Alpha Vinyl), Giulio Ciccone (Trek-Segafredo) e Alessandro Covi (UAE Team Emirates) na frente com 15 segundos de vantagem para os restantes fugitivos

Com mais de seis minutos de vantagem na fuga, Jan Hirt, que iniciou a etapa a 07m42s, no sétimo lugar da geral, pode lucrar muito esta quarta-feira

70 quilómetros para a meta: fugitivos com 06m34s de vantagem. Segue-se uma montanha de primeira categoria

Passagem e pontos para a montanha no Giovo:

1. Koen Bouwman (Jumbo-Visma) 9 pontos
2. Giulio Ciccone (Trek-Segafredo) 4
3. Diego Rosa (Eolo-Kometa) 2
4. Gijs Leemreize (Jumbo-Visma) 1

A 87 quilómetros da meta: o pelotão roda a 04m49s do grupo que lidera a etapa

Pelotão a 02m36s

Eis os ciclistas em fuga: Felix Gall, Nicolas Prodhomme (AG2R Citroën), Mathieu Van der Poel (Alpecin-Fenix), Santiago Buitrago (Bahrain-Victorious), Filippo Zana, Luca Covili (Bardiani-CSF-Faizanè), Guillaume Martin (Cofidis), Simone Ravanelli (Drone Hopper-Androni Giocattoli), Hugh Carthy, Diego Andrés Camargo (EF Education-EasyPost), Lorenzo Fortunato (Eolo-Kometa), Attila Valter (Groupama-FDJ), Jan Hirt, Rein Taaramäe (Intermarché-Wanty-Gobert), Koen Bouwman, Gijs Leemreize, Sam Oomen (Jumbo-Visma), Antonio Pedrero (Movistar), Mauri Vansevenant (Quick-Step Alpha Vinyl), Damien Howson (BikeExchange-Jayco), Thymen Arensman (Team DSM), Giulio Ciccone (Trek-Segafredo) e Alessandro Covi (UAE Team Emirates).

Hugh Carthy, Thymen Arensman e Alessandro Covi seguem na frente da corrida

Várias movimentações de ciclistas que tentam entrar em fuga desde cedo

Começa a etapa

Confira o traçado da etapa 17:

Vejamos a classificação geral:

1. Richard Carapaz (ECU/INE) 68 h 49:06.

2. Jai Hindley (AUS/BOR) a 03.

3. Joao Almeida (POR/UAE) 44.

4. Mikel Landa (ESP/BAH) 59.

5. Vincenzo Nibali (ITA/AST) 3:40.

6. Domenico Pozzovivo (ITA/INT) 3:48.

7. Pello Bilbao (ESP/BAH) 3:51.

8. Emanuel Buchmann (GER/BOR) 4:45.

9. Jan Hirt (CZE/INT) 7:42.

10. Alejandro Valverde (ESP/MOV) 9:04.

Nas contas da geral, Hindley bonificou e aproximou-se da liderança do equatoriano Carapaz, quarto na terça-feira, que tem apenas três segundos de vantagem, com João Almeida a segurar o terceiro posto, mas a perder tempo, ficando agora a 44 do líder. Landa aproximou-se do português, e é quarto a 59 segundos do primeiro.

Hirt, de 31 anos, cumpriu os 202 quilómetros entre Salò e Aprica, a chegada tornada famosa por Marco Pantani em 1994, em 5:40.45 horas, com o neerlandês Thymen Arensman (DSM) em segundo, a sete segundos, e o australiano Jai Hindley (BORA-hansgrohe) a ser terceiro, a 1.24 minutos.

O líder da Volta a Itália, o ciclista equatoriano Richard Carapaz (INEOS), o australiano Jai Hindley (BORA-hansgrohe), segundo, e o espanhol Mikel Landa (Bahrain Victorious), quarto, ganharam ontem segundos ao português João Almeida (UAE Emirates) na 16.ª etapa.

Esta quarta-feira a 17.ª etapa do Giro liga Ponte di Legno a Lavarone numa distância de 168 quilómetros, com duas contagens de montanha de primeira categoria, voltando a testar os homens da geral