Acabou a etapa na bicicleta de um espectador

Acabou a etapa na bicicleta de um espectador
Carlos Flórido

Tópicos

Tyler Farrar, vítima de vários azares na terceira etapa do Tour Down Under, só terminou porque um adepto lhe ofereceu bicicleta e sapatos. "Em 14 anos como profissional, nunca tinha visto nada assim".

Anthony Tooman, um neozelandês apaixonado por ciclismo, transformou-se no inesperado herói do terceiro dia da corrida australiana Tour Down Under, ao emprestar bicicleta e sapatos a Tyler Farrar, para que este pudesse terminar a etapa ganha por Simon Gerrans.

O norte-americano da Dimension Data ficou envolvido numa queda coletiva quando o pelotão seguia a 70 km/h, rumo à última subida do dia, e foi assistido pelo seu carro de apoio. Duplamente azarado, Farrar teve de parar pouco depois, com a bicicleta avariada. Tanto o carro da equipa como o de apoio neutro já estavam para a frente. A 10 quilómetros do fim, parecia condenado à desistência.

"Estavam dois adeptos na berma da estrada e perguntaram-me de que tamanho era e se queria uma bicicleta das deles. Mas os meus sapatos eram diferentes e não encaixavam nos pedais. Eles emprestaram-me então uns sapatos e felizmente eram do meu número", contou Tyler Farrar, que terminou a etapa numa DeRosa emprestada, a 13m07s do vencedor, Simon Gerrans.

"Sem a ajuda deles, estaria na Austrália para correr só dois dias e meio...", desabafou Farrar, que pouco depois foi confrontado com outro problema: os regulamentos só autorizam os corredores a utilizar material da própria equipa, sob pena de desclassificação.

Num dia único - "Em 14 anos como profissional, nunca tinha visto nada assim", comentou o norte-americano -, voltou a ser feliz.

"O júri da corrida autoriza Farrar a continuar em prova, abrindo uma exceção ao regulamento, pois a queda em que esteve envolvido gerou uma situação caótica e nem a sua equipa nem o apoio neutro estavam em condições de lhe prestar assistência. A decisão respeita o espírito do desporto, dadas as circunstâncias excecionais deste caso. Normalmente, a assistência externa resulta na desqualificação da corrida", informou a organização do Tour Down Under.

Farrar já devolveu a bicicleta e os sapatos a Anthony Tooman, mas prometeu mais: "Este episódio demonstra até que ponto as pessoas daqui são amigáveis. A equipa vai oferecer-lhe um kit completo e, se não tivermos aqui um, no final da corrida irei dar-lhe o meu equipamento".

Registe-se que este episódio não é inédito na corrida australiana do WorldTour. Em 2002, um espectador também emprestou uma bicicleta a Michael Rodgers, depois de este ter batido contra uma das motos da prova, e o na altura ídolo australiano não só terminou a etapa como acabou por vencer a corrida.