Selecionador da Ucrânia com proposta de clube russo: "Deem-me uma metralhadora e atravessarei o Kremlin"

Selecionador da Ucrânia com proposta de clube russo: "Deem-me uma metralhadora e atravessarei o Kremlin"
Redação

Tópicos

Ainars Bagatskis, treinador letão que orienta a seleção ucraniana de basquetebol, recebeu uma proposta para treinar um clube russo. E não gostou.

Ainars Bagatskis, selecionador de basquetebol da Ucrânia e treinador do Kiev Basket, revelou que recebeu, recentemente, uma proposta de emprego por parte uma equipa da Rússia. A resposta não foi de meias palavras.

"Eu disse-lhes: 'deem-me uma metralhadora e atravessarei o Kremlin. Vocês são malucos? Como é que me podem fazer esta proposta? Enquanto a Rússia foi liderada por um ditador, trabalhar aí é tabu'", contou o técnico letão no podcast Sporta Studijas.

Bagatskis, que também foi jogador de basquetebol, treinou Maccabi Tel Aviv, Ventspils e Rigas ASK, entre outros.