Olheiros da NBA identificam alvo para 2023: tem 16 anos e... 2,19 metros de altura!

Olheiros da NBA identificam alvo para 2023: tem 16 anos e... 2,19 metros de altura!
Redação

Tópicos

Victor Wembanyama é um jovem basquetebolista francês que desperta atenções entre os experts da liga norte-americana de basquetebol

O próximo 'draft' da liga norte-americana de basquetebol (NBA), evento que serve para as franquias escolherem jovens promessas para se juntarem à competição, realiza-se em breve, mas os olheiros da NBA já têm identificado o grande alvo... para 2023.

De nacionalidade francesa, Victor Wembanyama, considerado pela crítica como um autêntico prodígio, tem despertado atenções pelos atributos físicos que apresenta aos 16 anos de idade (!): 2,19 metros de altura e 2,31 metros de envergadura - aos 10 anos já media cerca de 1,90cm.

Apesar de não beneficiar propriamente do centro de gravidade, dada a sua estatura, o extremo Wembanyama demonstra atributos como capacidade de corrida, de lançamento ao cesto, técnica evoluída e facilidade em bloquear adversários.

"Ele tem uma habilidade e uma técnica extraordinárias para um jogador tão alto. Ele faz passes sem olhar, dribla e tem uma grande visão de jogo", descreveu Pascal Donnadieu, treinador de Wembanyama no Nanterre 92.

Para Mike Schmitz, reconhecido analista do 'draft' da NBA, a jovem promessa gaulesa "é o melhor projeto de jogador que há no mundo, independentemente da idade" - Wembanyama apenas poderá exibir-se no sistema de recrutamento quando tiver 19 anos.

O basquetebolista francês ficou debaixo de olho dos olheiros e amantes da NBA quando foi visto, num pequeno vídeo, a treinar com (e a levar a melhor sobre) Rudy Gobert, base dos Utah Jazz e considerado o melhor defesa na NBA nas duas últimas temporadas.

Victor Wembanyama, ciente do processo de evolução que tem ainda pela frente, possui, ainda assim, os objetivos claramente traçados. "Quero estar com a equipa nacional sénior [França] nos Jogos de Paris e também na NBA, o que me atrai naturalmente", confessou.

A jovem promessa gaulesa assegurou que, apesar do interesse despertado pelos experts norte-americanos, ainda não pensa no 'draft' da NBA de 2023. "Está tão longe que ainda é ficção. O meu objetivo não é ser o número um, mas ser o melhor jogador possível na NBA. Mas mas não se pode planear com tanta antecedência", referiu.