NBA com vida nova na Disney: o "Motel 6", o fato anti-covid e comentário sobre LeBron

NBA com vida nova na Disney: o "Motel 6", o fato anti-covid e comentário sobre LeBron

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Redação

Tópicos

Desde que o complexo começou a receber jogadores, têm-se sucedido os momentos inusitados.

A chegada de jogadores à Disney World de Orlando, na Flórida, onde será feita a retoma da NBA a 30 de julho, começou na terça-feira e até este sábado as 22 equipas da NBA chamadas já terão treinado nas instalações do complexo.

Os jogos de uma pequena pré-época arrancam no dia 22, mas, para já, é o dia a dia na "bolha", partilhado pelos basquetebolistas nas redes sociais, que tem dado nas vistas.

Habituado ao luxo, Rajon Rondo (LA Lakers) foi um dos que parece não ter gostado das condições, publicando uma fotografia do quarto com a legenda "Motel 6", em referência a uma cadeia de hotéis baratos nos Estados Unidos.

Deandre Ayton (Phoenix) levou a consola de casa e PJ Tucker (Houston) mais de 60 pares de sapatilhas. Troy Daniels (Denver) não resistiu a mostrar uma das refeições servidas fazendo lembrar a comida dos aviões, o que mereceu o comentário de Isaiah Thomas (sem equipa): "O LeBron não vai comer isso".

Ao contrário de outras estrelas que têm ordens para chegar mais tarde (casos de James Harden, Russell Westbrook ou Kawhi Leonard), o King já aterrou na Disney, o que chamou naturalmente à atenção, mas nada que superasse a aparição de Joel Embiid. O extremo-poste de Philadelphia, que confessou não ser "um grande fã desta ideia da 'bolha'", surgiu de máscara e vestido dos pés à cabeça com um fato anti-coronavírus. Mais a sério, os campeões Toronto Raptors não esqueceram o tema da discriminação racial, aparecendo num autocarro pintado a rigor com o "Black Lives Matter".