Nova revelação sobre Jordan: "Acha que somos amigos, mas odeio esse gordo"

Nova revelação sobre Jordan: "Acha que somos amigos, mas odeio esse gordo"
Redação

Tópicos

Michael Jordan terá comprado Charles Barkley nas finais de 1993, entre Bulls e Suns.

"The Last Dance", documentário da Netflix sobre aquele que é considerado por muitos o melhor jogador da história, Michael Jordan (MJ), tem sido um dos principais temas de conversa um pouco por todo o mundo, tendo gerado inúmeras reações, tanto positivas como negativas.

Pois bem, muitos dos antigos rivais ou mesmo companheiros, retratam-no agora como egocêntrico, tirano, autoritário, entre outros.

Recorda-se agora também a longínqua (suposta) amizade entre o antigo jogador dos Chicago Bulls e Charles Barkley, ex-basquetebolista dos Phoenix Suns.

De acordo com Johny Bach, antigo assistente dos Chicago Bulls, em declarações à Bleacher Report, Jordan terá então "comprado" Barkley nas finais de 1993, com um brinco de diamantes no valor de 20 mil dólares. "Por que fizeste isto tudo?", terá questionado Bach a MJ, ao qual o basquetebolista terá respondido: "Não vai intrometer-se mais no meu caminho até ao final da série. O que são 20 mil dólares para mim? Charles [Barkley] acha que somo grandes amigos, mas odeio esse gordo".

E, efetivamente, na partida seguinte Jordan marcou 55 pontos... Barkley? "Nem vê-lo". Não voltou a fazer-lhe frente.

No entanto, ambos continuaram próximos até 2012, mas umas críticas de Charles Barkley em relação à forma como MJ estava a gerir os Charlotte Bobcats terão determinado o fim da relação. Barkley ficou sentido:

"Era como um irmão para mim. Durante quase 20 anos. Sinto tristeza", afirmou.