"Estive com mais de duas mil mulheres e pelo menos 500 não eram prostitutas"

"Estive com mais de duas mil mulheres e pelo menos 500 não eram prostitutas"
Redação

Tópicos

O estilo controverso de Dennis Rodman volta às luzes da ribalta devido à série documental "The Last Dance".

Dennis Rodman era uma das principais figuras de uma das grandes gerações de ouro do basquetebol mundial. O controverso e excêntrico ex-jogador fez parte da mítica equipa dos Chicago Bulls que dominou a NBA nos anos 90, juntamente com Michael Jordan e Scottie Pippen (entre outros), e a série documental "The Last Dance" voltou a trazer à baila alguns dos episódios e polémicas que foram marcando a carreira e vida de Rodman.

Como tal, o jornal Marca recorda declarações do antigo basquetebolista sobre um vasto currículo amoroso: "Estive com mais de duas mil mulheres durante a minha carreira desportiva e pelo menos 500 não eram prostitutas", chegou a dizer. Entre as mulheres com quem alega ter estado contam-se nomes como Carmen Electra - que quase foi "apanhada" com Rodman por Michael Jordan -, a cantora Madonna ou a atriz Vivica A. Fox.

Dennis Rodman, agora com 58 anos, chegou também a garantir que teve relações sexuais em "todas as divisões" do Berto Center, complexo de treino dos Bulls. Episódios de outros tempos de uma figura incontornável do desporto mundial, que, além da equipa de Chicago, representou também Detroit Pistons, Dallas Mavericks, San Antonio Spurs e LA Lakers.