Carlos Lisboa encara jogo com "optimismo", mas sem "nada nada decidido"

Carlos Lisboa encara jogo com "optimismo", mas sem "nada nada decidido"

Treinador do Benfica comentou vitória por 95-65 contra o Donar Groningen, da Holanda.

O Benfica derrotou, esta terça-feira, no Pavilhão Fidelidade, em Lisboa, o Donar Groningen, para a primeira mão da primeira ronda de qualificação para a Liga dos Campeões de basquetebol.

No final do triunfo por 95-65, Carlos Lisboa, treinador do Benfica), declarou: "Queríamos ganhar e se pudéssemos ganhar por muitos era fundamental, mas isto é só o fim da primeira parte. A eliminatória tem 80 minutos e temos a segunda parte na Holanda".

"Conseguimos ganhar por 30 pontos pela defesa que tivemos, principalmente, nos primeiros três períodos. Foi a combinação de uma boa defesa, intensa, e de um ataque em que os jogadores encontraram boas soluções para concretizar. Temos de encarar o próximo jogo com otimismo, mas nada está decidido. Temos uma confortável diferença, mas vamos respeitar o adversário", prometeu.

"Só depois de jogarmos na sexta-feira é que vou começar a pensar no próximo adversário. Esta sempre foi a minha forma de estar. Vou ver o jogo de hoje e vamos continuar a respeitar o adversário. Não quero estar a fazer comparações [com o ano passado], porque esta é a equipa que eu escolhi. Respeito o passado, fizemos tudo para ganhar e não conseguimos. Estou contente com a equipa, mas quero mais e há jogadores que ainda não estão dentro da forma que queremos. Independentemente dos nomes, temos de trabalhar e sermos competentes para ganhar", completou.