Benfica a um triunfo da fase de grupos da Champions de basquetebol

Benfica a um triunfo da fase de grupos da Champions de basquetebol
Redação com Lusa

Tópicos

O cabo-verdiano Ivan Almeida, com 20 pontos, sete ressaltos, cinco assistências, dois roubos de bola e um desarme de lançamento, liderou os "encarnados", secundado pelo norte-americano Terrell Carter, com sete pontos e oito ressaltos

O Benfica qualificou-se esta sexta-feira para a final do Grupo C da fase de qualificação da Liga dos Campeões em basquetebol, marcando encontro com os alemães do Bamberg, ao vencer os cipriotas do Keravnos, por 73-65, em Lisboa.

No Pavilhão Fidelidade, no Estádio da Luz, os "encarnados" entraram no último período a perder (51-52), mas foram melhores na parte decisiva, pelo que vão disputar domingo, a partir das 17:00, o acesso à fase de grupos, face a um conjunto que só bateu os ucranianos do BK Budivelnik no prolongamento (97-94).

O cabo-verdiano Ivan Almeida, com 20 pontos, sete ressaltos, cinco assistências, dois roubos de bola e um desarme de lançamento, liderou os "encarnados", secundado pelo norte-americano Terrell Carter, com sete pontos e oito ressaltos.

Do lado do Keravnos, os melhores foram Deondre Burns, com 16 pontos, quatro ressaltos e outras tantas assistências, e Ousman Krubally, com 12 pontos e 10 ressaltos.

O encontro foi muito equilibrado na primeira parte, com os cipriotas a vencerem o primeiro período (16-13) e os "encarnados" a responderem no segundo (21-15), para uma liderança de três pontos ao intervalo (34-31).

Num jogo muito físico e com poucos pontos, o Keravnos foi melhor no terceiro parcial, muito à custa do seu jogo exterior, sobretudo de Nicos Stylianou (18 pontos), e entrou para os derradeiros 10 minutos com um ponto à maior.

O derradeiro parcial foi, porém, dominado pelo Benfica, de forma clara (22-13), muito pela ação de Ivan Almeida, que contagiou companheiros de equipa e público.

Jogo no Pavilhão Fidelidade, no Estádio da Luz, em Lisboa.

Keravnos - Benfica, 65-73.

Ao intervalo: 31-34.

Sob a arbitragem do bósnio Ademir Zurapovic, do montenegrino Radomir Vojinovic e do lituano Gintaras Maciulis, as equipas alinharam e marcaram:

Keravnos (65): Deondre Burns (16), Simon Michail (4), Nicos Stylianou (18), Ousman Krubally (12) e Titus Robinson (7). Jogaram ainda Ionnis Pasiali (3), Kyprianos Maragkos, Panagiotis Markou, Filippos Tigkas (2) e Remi Abell (3).

Treinador: Michail Kakiouzis.

Benfica (73): Aaron Broussard (9), José Barbosa, Makram Romdhane (4), Maik Zirbes (4) e Ivan Almeida (20). Jogaram ainda Diogo Gameiro (3), João "Betinho" Gomes (4), Tomás Barroso (9), Toney Douglas (8), Terrel Carter II (7) e James Ellisor (5).

Treinador: Norberto Alves.

Marcha do marcador: 16-13 (primeiro quarto), 31-34 (intervalo), 52-51 (terceiro quarto) e 65-73 (resultado final).

Assistência: Cerca de 600 espetadores.