Sporting revalida título de corta-mato em prova ganha por Rui Pinto

Sporting revalida título de corta-mato em prova ganha por Rui Pinto
Redação com Lusa

Tópicos

Atleta do 4 Run conquistou o terceiro título individual, mas os leões asseguraram o 49.º campeonato nacional de corta-mato longo.

O Sporting revalidou este domingo o título coletivo de corta-mato longo nos Campeonatos de Portugal, disputados na Amora, onde o atleta Rui Pinto, do 4 Run, conquistou o seu terceiro título individual.

Rui Pinto percorreu os 10 quilómetros do circuito do Parque do Serrado em 31.14 minutos, menos cinco segundos que o corredor do Sporting, Rui Teixeira (31.19), que defendia os títulos de campão nacional conquistados nas duas últimas edições dos Campeonatos de Portugal, em 2018 e 2019.

O atleta do Vitória de Setúbal, João Pereira (31.21), surpreendeu ao conquistar o último lugar do pódio, superando Luís Saraiva (31.24), do Braga, e Fernando Serrão (31.27), do Sporting.

Pelo Sporting, Miguel Marques (31.41) e Ruben Amaral (31.48) terminaram na 10.ª e 11.ª posições, respetivamente, e garantiram o 49.º título de campeão nacional de corta-mato longo para os leões.

Os Campeonatos de Portugal de corta-mato voltaram hoje a disputar-se, após a edição do ano passado ter sido cancelado pela pandemia de covid-19, mas ficaram marcados pela ausência do Benfica, que recusou participar por não serem exigidos testes de covid-19 aos participantes.

A competição disputou-se no Parque do Serrado, na Amora, num circuito de dois quilómetros percorrido em cinco voltas, por 61 atletas, divididas em duas séries de 20 corredores cada, e uma de 21, como medida de prevenção contra a pandemia de covid-19.

Seniores masculinos (10 km):

1. Rui Pinto (4 Run), 31.14 minutos.

2. Rui Teixeira (Sporting), 31.19.

3. João Pereira (Vitória de Setúbal), 31.21.

4. Luís Saraiva (Braga), 31.24.

5. Fernando Serrão (Sporting), 31.27.

Clubes:

1. Sporting, 28 pontos.

2. Braga, 34.

3. Maratona, 56.