Semenya vai jogar futebol na liga sul-africana feminina

Semenya vai jogar futebol na liga sul-africana feminina

A bicampeã olímpica dos 800 metros anunciou nas redes sociais que assinou pelo JVW FC

A sul-africana Caster Semenya, bicampeã olímpica dos 800 metros e três vezes campeã mundial, trocou o atletismo pelo futebol e vai jogar na liga feminina do seu país.

Foi a própria atleta que fez o anúncio nas redes sociais. "Feliz por anunciar que assinei com @jvwgirlsfootball (JVW Football Club) para a época 2020. Estou muito entusiasmada com esta nova etapa", escreveu Semenya no Twitter.

A chegada ao futebol dá-se após meses de polémicas e batalhas legais com a IAAF (Federação Internacional de Atletismo) na sequência da decisão do organismo em implementar novas regras quanto aos níveis de testosterona em mulheres, encontrando-se agora o caso nos tribunais suíços, que analisam o recurso da atleta.

Caster Semenya recusa-se a tomar a medicação imposta pela IAAF, considerando as regras discriminatórias, pelo que a atleta não poderá defender o título mundial dos 800 metros, em Doha, no final deste mês.

O clube de futebol feminino que contratou Semenya está sediado na cidade de Gauteng e pertence a Janine van Wyk, capitã da seleção sul-africana. "Semenya colocou-se um novo desafio na sua já ilustre carreira. A atleta de 28 anos sempre amou o futebol. Na juventude jogou futebol na escola e treinava todos os dias, por isso não é surpreendente que tenha tomado esta decisão", escreveu o clube em comunicado.

Face ao fim do prazo de inscrições da liga 2019, Semenya vai treinar nos próximos meses para se preparar para a estreia em 2020. "Estou agradecida pela oportunidade, o amor e apoio que recebi da equipa", afirmou Semenya.