Nelson Évora é medalha de bronze nos Mundiais

Nelson Évora é medalha de bronze nos Mundiais

A final masculina do triplo salto dos Mundiais de Atletismo, que decorrem em Londres, disputam-se a partir das 20h20

Nelson Évora conquistou a medalha de bronze no triplo salto dos Mundiais de atletismo, em Londres, com uma marca de 17,19 metros. O português conseguiu a sua melhor marca à segunda tentativa, depois de ter começado o concurso com 17,02 metros.

Nelson Évora ficou apenas atrás dos norte-americanos Christian Taylor e Will Claye.

Esta foi a quarta medalha de Nelson Évora em Mundiais, repetindo o bronze de há dois anos, em Pequim, depois de ter sido campeão em 2007 e medalha de prata em 2009.

RECORDE OS MELHORES MOMENTOS

21h44 | Christian Taylor campeão do mundo pela segunda vez consecutiva com 17,68 metros e Will Claye medalha de prata com 17,63 metros.

21h43 | Nelson Évora garantiu a medalha de bronze do triplo salto com os 17,19 metros feitos ao segundo salto.

21h36 | Chris Benard ameaçou o 3º lugar de Nelson Évora com um salto de 17,16 metros. O português segura por agora o bronze com o salto que deu de 17,19 metros, o seu segundo do concurso.

21h34 | Tudo igual à partida para o último salto do concurso. Nelson Évora é 3º classificado.

21h31 | Will Claye saltou 17,53 metros ao seu quinto salto da final e Christian Taylor 17,38 metros.

21h29 | Mais um salto NULO para Nelson Évora, mas mantém por agora o 3º lugar da prova, quando lhe resta um salto.

21h20 | Will Claye saltou 17,49 metros e Christian Taylor 17,26 metros. Mantêm-se, pois, as posições quando restam dois saltos a cada um dos oito finalistas.

21h18 | Nelson Évora vai saltar: Fez salto NULO. Faltam saltar os dois americanos Taylor e Claye para terminar a primeira série de saltos da ronda final.

21h17 | Quatro saltos nulos até ao momento e Alexis Copello a saltar a fracos 16,87 metros.

21h12 | Já começou a finalíssima, com os oito melhores a cumprirem mais três saltos.

21h07 | O português parte para a ronda final na 3ª posição, com o seu melhor salto (o segundo que fez) a 17,19 metros. Christian Taylor assumiu a 1ª posição com 17,68 metros e Will Claye é 3º com 17,63 metros.

21h05 | Nelson Évora passou à finalíssima do concurso de triplo salto, após os três saltos que apuraram os oito melhores.

21h02 | Will Claye saltou 17,63 metros ao terceiro ensaio, a melhor marca do concurso até ao momento.

20h59 | Nelson Évora já fez o terceiro salto: 16,58 metros. Os 17,19 metros do salto anterior continuam a garantir-lhe o 3º lugar provisório.

20h50 | Termina a segunda série de saltos e Nelson é 3º (17,19), atrás de Christian Taylor (17,57) e Will Claye (17,52).

20h48 | O português caiu para a 3ª posição. O norte-americano Christian Taylor saltou 17,57 metros ao seu segundo salto.

20h43 | Nelson Évora fez 17,19 metros ao seu segundo salto e passou para segundo lugar. Tem agora à sua frente apenas o americano Will Claye (medalha de prata no Rio'2016), com 17,52 metros.

20h41 | Já começou a segunda série de saltos.

20h34 | Nelson Évora, recorde-se, tem como melhor registo pessoal no triplo salto 17,74 metros que lhe garantiu o ouro em Osaka 2007, tendo-se qualificado para estas finais com o sexto melhor tempos nas eliminatórias: 16,94 metros, o seu melhor registo do ano ao ar livre (fez 17,20 este ano em pista coberta, que lhe valeu o título europeu).

20h32 | Nelson Évora fez 17,02 metros ao primeiro salto e está em 4º lugar provisório, tendo à sua frente Will Claye (17,54), Alexis Copello (17,16) e Andy Díaz (17,13).

20h29 | Nelson Évora será o sétimo a saltar do total de 12 finalistas agora em prova. Após todos terem feito três saltos cada, os oito melhores passam à finalíssima.

20h26 | Yordanys Duranona foi o primeiro a saltar. Fez 16,42 metros. Chris Benard fez 16,88 metros e Alexis Copello 17,16 metros ao primeiro salto (seu melhor registo esta temporada).

20h15 | Os finalistas com os seus registos nas eliminatórias.

1.º Chris Benard, 17,20 metros
2.º Christian Taylor, 17,15
3.º Cristian Nápoles, 17,06
4.º Andy Díaz, 16,96
5.º Will Claye , 16,95
6.º Nelson Évora, 16,94
7.º Alexis Copello , 16,89
8.º Pablo Torrijos, 16,80
9.º Jean-Marc Pontvianne , 16,78
10.º Yordanys Duranona, 16,71
11.º Ruiting Wu, 16,66
12.º Lázaro Martínez, 16,66