Benfica campeão europeu de atletismo em sub-20

Benfica campeão europeu de atletismo em sub-20

Equipa masculina do Benfica venceu este sábado a Taça dos Clubes Campeões Europeus.

A equipa masculina do Benfica venceu a Taça dos Clubes Campeões Europeus de atletismo de pista de sub-20, disputada em Castellón, Espanha, tornando-se o primeiro clube português a triunfar nesta competição. Os juniores encarnados, que há entrada para a última prova, os 4x400 metros, seguiam com oito pontos de vantagem sobre o Sparta, da Dinamarca, mantiveram o espírito de triunfo nessa corrida e sagraram-se campeões europeus, numa exibição muito forte, em que conseguiram mais 12 pontos do que os dinamarqueses e mais 21 do que os turcos do Enke.

Para o triunfo encarnado contribuíram 15 presenças na primeira metade da tabela, com destaque para os cinco triunfos obtidos por Isaac Nader, nos 1.500 metros (4.01,30 minutos), Alexandre Figueiredo, nos 3.000 metros (8.55,94), o brasileiro Eberson Silva, no comprimento (7,30 m) - que também foi segundo nos 100 metros -, o britânico Bayley Campbell, no martelo (73,13 m), e Leandro Ramos, no dardo (66,81 m).

Entre os segundos lugares obtidos em Castellán, além de Eberson nos 100 metros, destaque para João Coelho, com 47,86 segundos nos 400 metros (a sua quarta marca de sempre), e para Júlio Almeida, com 14,56 metros no triplo salto.

Esta era uma aposta da coordenadora do Benfica, Ana Oliveira, que em 2013 vira o Benfica assegurar a subida ao Grupo A desta Taça dos Clubes Campeões Europeus, em sub-20, e no ano passado, em Brno (República Checa), atingir o terceiro lugar, a melhor classificação de sempre. Nunca uma equipa portuguesa conseguira triunfar nesta competição.

"Era um título muito desejado e foi trabalhado com muita visão, estratégia, paciência, competência e ambição. Levámos oito anos a ser a primeira equipa portuguesa da formação (para além do futebol) a chegar à primeira liga e continuámos construindo o caminho rumo a este título. Hoje somos campeões europeus", disse Ana Oliveira.

A responsável sublinhou que este é o projeto que está inserido na academia olímpica do Benfica, com juvenis e juniores, que tem sustentado e continua a sustentar a equipa sénior masculina. "Formamos para ganhar. E hoje ganhámos. Mas não ganhámos sozinhos. Portugal e o desporto português também ganharam", continuou Ana Oliveira.

"Quero dizer ainda: obrigada presidente Luís Filipe Vieira. Conseguimos porque o senhor nos apoiou e sempre acreditou em nós. Estamos muito felizes", concluiu a coordenadora do Benfica.

Na prova feminina, triunfou a equipa turca do Fenerbahce (que revalidou o título obtido no ano passado), com 134,5 pontos, à frente da equipa feminina dos anfitriões, Playas de Castellón (103) e do Olymp Brno, da República Checa, que somou menos um ponto do que as espanholas.

Principais resultados (vencedores e melhor do Benfica):

100 metros (vento: +0.1 m/s): 1.º Tazana Kamanga-Dyrbak (Sparta), 10,58 segundos; 2.º Eberson Silva (Benfica), 10,68.

200 metros (v:-2.0): 1.º Tazana Kamanga-Dyrbak (Sparta), 21,52 segundos; 3.º Delvis Santos (Benfica), 22,28.

400 metros: 1.º Ethan Brown (B&B Harriers), 47.84 segundos; 2.º João Coelho (Benfica), 47,86.

800 metros: 1.º William Devantier (Sparta), 1.59,12 minutos; 5.º Hugo Cruz (Benfica), 2.02,26.

1.500 metros: 1.º Isaac Nader (Benfica), 4:01.30.

3.000 metros: 1.º Alexandre Figueiredo (Benfica), 8.55,94 minutos.

110 m barreiras (v: +0,2 m/s): 1.º, Filip Jakob Demsar (Ljubljana-Esl), 14,04 segundos; 6.º Diogo Guerra (Benfica), 14,71 s.

400 m barreiras: 1.º Ramsey Angela (Rotterdam), 53.01 segundos; 6.º Manuel Dias (Benfica), 55.95.

2.000 m obstáculos: 1.º Carlos Muñoz (Playas), 5.58,97; 4.º Duarte Gomes (Benfica), 6.07,43.

Altura: 1.º Vojtech Ríha (Sparta), 1,98 metros; 4.º Simão Pereira (Benfica), 1,89.

Vara: 1.º Oliver Chabert (Sparta), 5,00; 4.º Manuel Dias (Benfica), 4,50.

Comprimento: 1.º Eberson Silva (Benfica), 7,30 metros (v: -1.6).

Triplo: 1.º Raul Camacho (Playas), 14.71 metros (+0,3); 2.º Júlio Almeida (Benfica), 14,56 (v: -0.1).

Peso: 1.º Casper Jørgensen (Sparta), 17.24 metros; 4.º Rodolfo Garcia (Benfica), 15,17 m.

Disco: 1.º Casper Jørgensen (sparta), 58.09; 3.º Emanuel Sousa (Benfica), 54.31.

Martelo: 1.º Bayley Campbell (Benfica), 73,13 metros.

Dardo: 1.º Leandro Ramos (Benfica), 66.81.

4x100 metros: 1.º Sparta, 41,47 segundos; 2.º Benfica (Yuben Munary, Diogo Guerra, Delvis Santos, João Geadas), 42,08 segundos.

4x400 metros: 1.º Blackheath & Bromley, 3.17,51; 4.º Benfica (Edgar Campre, Paulo Soares, Manuel Dias e João Coelho), 3.18,37

Classificação coletiva final: 1.º Benfica, 115; 2.º Sparta (Din), 103; 3.º Enke (Tur), 94; 4.º Blackheath & Bromley (GB), 93; 5.º Playas Castellón (Esp), 84; 6.º Ljubljana, 67; 7.º Praga ASK (Che), 65; 8.º PAC Roterdão (Hol), 60.