Antigo aterro sanitário foi pista de corrida

Antigo aterro sanitário foi pista de corrida

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Bruno Rodrigues

Tópicos

Aquele que foi o maior aterro do grande Porto é hoje um parque e serviu de percurso à primeira edição da Night Urban Trail Lipor, em Gondomar.

Fazer de um antigo aterro sanitário um percurso para uma corrida, foi uma proposta a que aderiram cerca de 600 participantes na primeira edição da Night Urban Trail Lipor, em Baguim do Monte, freguesia de Gondomar, na noite da passada sexta-feira (3 de maio).

Os 12 quilómetros da corrida e os seis da caminhada percorreram os trilhos do "Parque Aventura e Trilho Ecológico da Lipor", um espaço aberto ao público em 2010 depois de uma recuperação paisagística que escondeu por completo aquele que foi o maior aterro sanitário do grande Porto, tendo servido oito municípios, durante 30 anos.

A corrida deu duas voltas ao parque (a caminhada uma), num percurso exigente que meteu um pouco de alcatrão, mas que pedia umas sapatilhas de trail para vencer as variadas secções de trilhos em terra batida, corredores arrelvados, algumas rampas, lanços de escadas e passadiços em madeira.

O evento contou com a organização técnica do grupo informal de treino de Gondomar, os "Pernetas". Estes conhecem bem o espaço pois organizam um treino mensal neste parque.

Para participar na festa, a organização só tinha duas exigências: um frontal para iluminar o caminho - a corrida começou às 21h00 - e cinco quilos de resíduos recicláveis que serviam de moeda de troca para a inscrição obrigatória, num conceito que Vítor Coelho, diretor de prova, membro dos "Pernetas", e assistente administrativo do departamento jurídico da Lipor, classificou como "economia circular": "Achamos a forma de pagamento original e as pessoas aderiram. Recolhemos 2350 quilos de resíduos, embora nem todos fossem do tipo de materiais que pedimos. Dos mais estranhos recordo-me que tivemos um assento de um automóvel, um pneu e um micro-ondas. Seja como for, participaram na mesma!", confessou.

Tudo indica que vai haver uma segunda edição. "O nosso grupo organiza um treino mensal neste parque, na primeira sexta-feira de cada mês. Começamos por ser 50 participantes e vamos já nos 200. O administrador delegado da Lipor, dr. Fernando Leite, desafiou-me então a fazer a corrida. O objetivo foi divulgar o trilho à população e isso foi conseguido", explicou

Classificações

Masculinos (124 terminadores)

1.º Nuno Carvalho 00:46:04

2.º Ricardo Rego 00:46:20

3.º Rui Alves 00:46:29

Femininos (40 terminadoras)

1.ª Célia Neto 01:02:59

2.ª Diane Pereira 01:07:37

3.ª Isabel Maio 01:08:47

Caminhada (sem classificações, 400 participantes)