Naide Gomes ganha medalha nos Mundiais de 2009 após desclassificação de atleta russa

Recordista nacional do salto em comprimento tinha ficado em quarto lugar na competição

A atleta russa Tatyana Lebedeva foi condenada por uso de doping e aceitou a punição, perdendo todos os resultados obtidos entre agosto de 2008 e agosto de 2010. Nesse período constam os Mundiais de Atletismo de 2009, disputados em Berlim, e onde conquistou a medalha de prata no salto em comprimento, um evento onde a portuguesa Naide Gomes ficou em quarto lugar.

Com esta desclassificação, a agora ex-atleta, com 38 anos, sobe ao terceiro lugar e conquista a medalha de bronze numa competição que ainda não tinha no palmarés, depois de ter ganho sido campeã mundial em pista coberta, bi-campeã europeia em pista coberta e vice-campeã europeia em pista.