Cátia Azevedo coroa domínio do Sporting no início dos Campeonatos de Portugal

Cátia Azevedo coroa domínio do Sporting no início dos Campeonatos de Portugal

Embora já apurada para os Mundiais que se realizam em Eugene, nos Estados Unidos, entre 15 e 24 de julho, e para os Europeus que decorrem de 11 a 21 de agosto, em Munique, a corredora leonina superou os mínimos para a prova

Cátia Azevedo sagrou-se campeã nacional dos 400 metros femininos com um tempo de 51,60 segundos, dentro dos mínimos para os Europeus, conquistando um dos nove títulos do Sporting no primeiro dia dos Campeonatos de Portugal.

Embora já apurada para os Mundiais que se realizam em Eugene, nos Estados Unidos, entre 15 e 24 de julho, e para os Europeus que decorrem de 11 a 21 de agosto, em Munique, a corredora leonina superou os mínimos para a prova em solo germânico por um décimo de segundo.

Cátia Azevedo superou Carina Vanessa, do Sporting de Braga, segunda classificada com 54,13 segundos, e Fatoumata Diallo, do Clube Oriental do Pechão, terceira (55,39), e contribuiu assim para a supremacia do emblema "verde e branco" no número de títulos hoje arrecadados.

A outra atleta a bater os mínimos para os Europeu foi Liliana Cá, lançadora do disco já apurada para as duas provas internacionais do verão, que competiu a título individual e se sagrou campeã nacional com a marca de 61,76 metros - o mínimo era de 60,50 metros.

O Sporting conquistou ainda os títulos individuais no lançamento do martelo feminino, por Vânia Silva (59,74 metros), no salto em altura feminino, por Anabela Neto (1,75 metros), no salto em comprimento feminino, por Evelise Veiga (6,29 metros), na estafeta de 4x100 metros masculinos (41,86 segundos), no salto à vara, por Carlos Pitra (5 metros), nos 10.000 metros marcha, por João Vieira (41.22,53 minutos) e em ambas as provas de 100 metros.

Já apurada para os Europeus e para os Mundiais, Lorene Bazolo venceu a prova feminina, com o tempo de 11,36 segundos, 12 centésimas acima do mínimo para Munique, e Carlos Nascimento a masculina, com a marca de 10,42 segundos.

Com três títulos, o Benfica foi o segundo clube que mais venceu no primeiro dia dos Campeonatos de Portugal, graças a Leandro Ramos, no lançamento do dardo (74,57 metros), a Isaac Nader, nos 1.500 metros masculinos (03.41,12 minutos), e a Etson Barros, nos 3.000 metros obstáculos masculinos (08.44,45 minutos).

Nas outras provas do dia, Marta Pen, a título individual, venceu os 1.500 metros, em 04.12,38 minutos, André Franco os 400 metros, pelo Clube Pedro Pessoa (50,14 segundos), Joana Soares os 3000 metros obstáculos pela Associação Jardim da Serra (10.01,47 minutos), Ana Cabecinha os 10000 metros marcha, pelo Clube Oriental do Pechão (43.53,04 minutos), Simão Alexandre o comprimento, pela Escola de Atletismo do Cartaxo (7,39 metros) e o Grecas-Vagos a estafeta 4x100 metros feminina (48,58 segundos).

No desporto adaptado masculino, Leonildo Carvalho sagrou-se campeão nacional no lançamento do peso de 7,26 quilos, João Peixoto no lançamento do peso de seis quilos e Miguel Monteiro no de quatro quilos, enquanto, no feminino, Inês Fernandes levou a melhor no lançamento do peso de quatro quilos e Marta Conceição no de três.

Já Mamudo Balde foi o mais rápido nas provas de velocidade em cadeira de rodas, concluindo os 100 metros em 15,62 segundos e os 200 metros em 28,52 segundos.

Ainda na vertente de desporto adaptado, Hemilton Costa venceu na prova de salto em comprimento, com 6,29 metros.