Bicampeão mundial de lançamento do dardo agredido e lançado ao mar

Bicampeão mundial de lançamento do dardo agredido e lançado ao mar
Alexandre Dionísio

Tópicos

Anderson Peters sofreu ferimentos ligeiros, com as autoridades do Granada a já terem detido vários tripulantes do barco onde aconteceu o incidente.

Anderson Peters, bicampeão mundial de lançamento do dardo, foi agredido e atirado ao mar, na noite de quarta-feira, por cinco tripulantes de um barco em Granada (Caraíbas), de onde é natural.

O momento da agressão foi captado por várias testemunhas, que tal como o atleta encontravam-se numa festa. As autoridades do Granada já informaram que Peters sofreu ferimentos ligeiros e que foram feitas detenções a vários tripulantes presentes na altura do incidente.

O primeiro ministro do Granada, Dickon Mitchell, já reagiu ao episódio, condenando a violência registada e desejando uma rápida recuperação a Peters.

"É com tristeza que recebemos as notícias das ações cobardes de cinco pessoas, que agrediram fisicamente o nosso ícone e herói de desporto nacional", acrescentou o Comité Olímpico do país.

Peters voltou a sagrar-se campeão mundial de lançamento do dardo nos Mundiais de atletismo de Eugene, nos Estados Unidos, com uma marca de 90,54 metros.